Diário Digital Primeira escola municipal de Brasilândia ganha novo prédio

Primeira escola municipal de Brasilândia ganha novo prédio

Mesmo sem previsão do retorno às aulas em Brasilândia (MS), os estudantes da primeira colégio do município, Escola Municipal Arthur Hoffig estarão no futuro em salas de aulas novas. Na manhã de sexta-feira (14), autoridades da cidade inauguraram o novo prédio, que agora é localizada no bairro Jardim Imperial. Com área total de 2.969.04 metros […] O post Primeira escola municipal de Brasilândia ganha novo prédio apareceu primeiro em Diário Digital.

Mesmo sem previsão do retorno às aulas em Brasilândia (MS), os estudantes da primeira colégio do município, Escola Municipal Arthur Hoffig estarão no futuro em salas de aulas novas. Na manhã de sexta-feira (14), autoridades da cidade inauguraram o novo prédio, que agora é localizada no bairro Jardim Imperial.

Com área total de 2.969.04 metros quadrados, a nova escola irá contar com 13 salas de aula, com capacidade para 32 alunos, sala de recursos, sala de informática, auditório para 83 pessoas, biblioteca, refeitório com cozinha completa, sistema de ar condicionado em todas as salas, vestiários sanitários e, uma quadra coberta e outra com areia. Além disso, todos os blocos são interligados por passarelas cobertas

Primeira escola da cidade — A antiga escola está localizada na rua Manoel Galdino de Souza, 814, Centro e foi criada através da Lei Municipal Nº210/75, de 8 de Novembro de 1975, sendo uma das primeiras do Município de Brasilândia, ainda na década de 50. A escola leva o nome do fundador da cidade, que doou a área para a construção, sendo que nos tempos antigos, a unidade era conhecida como "Grupo Escolar”.

A Escola Municipal “Arthur Hoffig” e mantida pela Prefeitura Municipal de Brasilândia – MS oferece o Ensino Fundamental de nove anos do 1º ao 3º ano de alfabetização, conta com 370 alunos, com aulas nos turnos matutino e vespertino, tem em seu quadro 34 professores, dois coordenadores pedagógicos e 16 funcionários administrativos.


Devido à obra ser bastante antiga na cidade, o relatório realizado pela equipe de engenharia da Secretaria Municipal de Obras apontou diversos pontos críticos no prédio, na qual seria inviável a reforma e sim uma nova construção, levando o nome da escola.

Agora, a escola terá capacidade de comportar durante os dois turnos o total de 832 alunos. Com a ampliação de número de estudantes, a unidade automaticamente dobrará a oferta de vagas para os estudantes brasilandenses.

O post Primeira escola municipal de Brasilândia ganha novo prédio apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas