Diário Digital Produtores rurais aderem novo conceito de carne sustentável e orgânica no Estado

Produtores rurais aderem novo conceito de carne sustentável e orgânica no Estado

A carne sustentável é um novo conceito que vem caindo no gosto do produtor rural. A Associação Pantaneira de Pecuária Orgânica e Sustentável (ABPO) é responsável pela produção. O programa que garante incentivo financeiro equivalente a 67% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) aos pecuaristas da região do Pantanal que […] O post Produtores rurais aderem novo conceito de carne sustentável e orgânica no Estado apareceu primeiro em Diário Digital.

A carne sustentável é um novo conceito que vem caindo no gosto do produtor rural. A Associação Pantaneira de Pecuária Orgânica e Sustentável (ABPO) é responsável pela produção.

O programa que garante incentivo financeiro equivalente a 67% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) aos pecuaristas da região do Pantanal que se dedicam à produção de carne orgânica.


Durante entrevista concedida, nesta quarta-feira (03), ao programa Noticidade Primeira Edicação da Rádio Cidade FM 97, o presidente da ABPO, Eduardo Cruzetta falou sobre a produção da carne sustentável e os protocolos exigidos pelo Governo de Mato Grosso do Sul. " Alguns requisitos são necessários para aderir ao selo de carne sustentável desde o manejo do bovino até o tratamento dentro do campo. Isso, dá um gosto diferencial para carne deixando macia", explica.


Segundo Eduardo Cruzetta , o produto precisa ter um certificado para garantir o desconto no ICMS. "É preciso ter um responsável técnico garantindo produção de qualidade. Os interessados podem entrar em contato com ABPO pelo (67) 981380458", informou.


De acordo com Eduardo Cruzetta, para participar do programa, o pecuarista deve se inscrever junto ao Governo do Estado de MS, na sequência receberá a visita de uma certificadora para avaliação do sistema de produção, as documentações deverão estar em dia, juntamente com o CAR - Cadastro Ambiental Rural. O pecuarista, então, validado pela Semagro, Sefaz e Iagro, passa e emitir a GTA – Guia de Transporte Animal, para envio dos animais à indústria frigorífica, que pagará benefícios diretamente ao produtor, finalizou.

O post Produtores rurais aderem novo conceito de carne sustentável e orgânica no Estado apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas