Diário Digital Queimadas no Pantanal alcançaram uma proporção devastadora

Queimadas no Pantanal alcançaram uma proporção devastadora

Em 2020 o Brasil acompanhou o Pantanal ser devastado por incêndios florestais. Todos os anos as queimadas acontecem em períodos de estiagem, mas desta vez a proporção foi assustadora. Instituições públicas, privadas e não-governamentais uniram forças para conter as chamas e recuperar o que foi devastado. Para ter noção, desde o início do ano até […] O post Queimadas no Pantanal alcançaram uma proporção devastadora apareceu primeiro em Diário Digital.

Em 2020 o Brasil acompanhou o Pantanal ser devastado por incêndios florestais. Todos os anos as queimadas acontecem em períodos de estiagem, mas desta vez a proporção foi assustadora. Instituições públicas, privadas e não-governamentais uniram forças para conter as chamas e recuperar o que foi devastado.

Para ter noção, desde o início do ano até novembro cerca de 4,1 milhões de hectares, totalizando 28% do bioma foram destruídos pelas chamas. Cada hectare corresponde ao tamanho aproximado de um campo de futebol oficial.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Vegetação destruída por incêndios no Pantanal (Foto: Arquivo Diário Digital)


Segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), até dia 22 de setembro, havia sido ultrapassada a marca de 16 mil focos de incêndio no Pantanal, maior número desde 1998. A devastação foi tão grande a fumaça e o cenário cinza no ar foi possível ser observado em Campo Grande que fica a 426 quilômetros de distância de Corumbá.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Animais não resistiram ao avanço das chamas (Foto: Arquivo Diário Digital)


Durante as queimadas os animais foram bastante sacrificados. Para fugir das chamas várias espécies se deslocaram para a região urbana. Alguns morreram no caminho e outros sofreram queimaduras, especialmente nas patas. Uma das cenas mais tristes foi uma onça-pintada macho de três meses alcançada pelo fogo e que sofreu queimaduras de terceiro grau nas quatro patas enquanto corria sobre a vegetação em chamas.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Exames mostram que onças feridas em incêndio, também haviam sido baleadas (Foto:Divulgação/Portal do MS)


Em setembro a onça foi resgatada por um grupo de veterinários e entregue a uma clínica que ajudou a tratar suas feridas. O felino conseguiu se recuperar e, um mês depois, as chuvas haviam extinguido a maior parte dos incêndios e a onça-pintada foi solta no mesmo local de onde havia sido resgatada.

Além das onças, mais de 15 animais de várias espécies foram trazidos o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) em Campo Grande. O trabalho de resgate foi realizado com muitos esforços pelo brigadista.
Além do trabalho de resgate voluntários do Conselho de Medicina Veterinária se mobilizou para ajudar a recolher e tratar os animais. A campanha arrecadou medicamentos e insumos de uso veterinário para tratar animais feridos nas queimadas.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Animais resgatados durante os incêndios no Pantanal (Foto Arquivo Diário Digital)

A devastação foi tão grande que, segundo a professora e pesquisadora associada do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação da Biodiversidade da Universidade Federal de Mato Grosso (PPG-ECB/IB-UFMT), Cátia Nunes de Cunha, que, baseado em dados adquiridos em pesquisas, o bioma precisará de cinco décadas para retornar ao que era antes. “A regeneração, baseada nos resultados adquiridos, acreditamos que levará em torno de 50 anos”, afirma.

Uma força tarefa precisou ser montada Corpo de Bombeiros e o militares de outros Estados se mobiliaram enviando voluntários para o combate ao incêndio. Ação envolveu centenas de pessoas entre voluntários, brigadistas, Corpo de Bombeiros, Forças Armadas, Ongs e institutos ambientais de vários lugares do país.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Chico Ribeiro - Governo de MS)

Localizado nos Estados de Mato Grosso (35%) e Mato Grosso do Sul (65%), além de partes do norte do Paraguai e do leste da Bolívia, o Pantanal é considerado o maior bioma úmido do mundo com cerca de 250 mil km².

O post Queimadas no Pantanal alcançaram uma proporção devastadora apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas