Retomada de aula presencial gera incerteza

Em Mato Grosso do Sul o formato de retorno das aulas nas redes públicas e particular ainda é marcado pela incerteza por causa da pandemia. A previsão é que as escolas estaduais retornem março 100% on-line. Na rede municipal de ensino, a expectativa é começar o ano letivo no dia 8 de fevereiro de forma […] O post Retomada de aula presencial gera incerteza apareceu primeiro em Diário Digital.

Em Mato Grosso do Sul o formato de retorno das aulas nas redes públicas e particular ainda é marcado pela incerteza por causa da pandemia. A previsão é que as escolas estaduais retornem março 100% on-line. Na rede municipal de ensino, a expectativa é começar o ano letivo no dia 8 de fevereiro de forma presencial. Já no caso das escolas particulares, ainda não há definição. Se é incerteza para os gestores da educação, mais ainda para quem tem filhos estudando.

Bruna Ferreira trabalha como balconista é mãe de dois filhos que estudam. Ela acredita que ainda não é o momento para voltar às aulas "Eu acho que não deveria voltar, porque criança não sabe se cuidar igual a gente. Ainda está muito arriscado", salienta. Mesmo sendo contrária ao retorno da aula presencial, Bruna afirma que se for preciso dever levar seus filhos a escola "Eu não ficaria tranquila, mas caso for obrigatório vou ter que levar porque eles não podem perder um ano letivo", afirma.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Bruna tem filhos pequenos e acha que aula presencial não deve ser retomada
(Foto: Luciano Muta)

Weliton Marques, que é estudante do terceiro ano do ensino médio, é a favor das voltas as aulas presenciais revezando com aulas remotas. "Na minha opinião as aulas deveriam voltar porque mesmo com o ensino híbrido deveria ter um revezamento dos alunos. Assim realmente conseguiríamos aprender. Nós que estamos no terceiro ano e logo teremos que fazer Enem para entrar em uma faculdade, não conseguimos estudar o suficiente", afirma

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Weliton é à favor de revezamento de aulas presenciais e remotas (Foto: Luciano Muta)

Já para a aposentada Ana Lurdes dos Santos as aulas deveriam voltar pois alguns pais precisam trabalhar e não tem onde deixar as crianças. "Seria bom voltar para os maiores que sabem se cuidar, mas para a minha neta que estuda na creche não vai voltar agora por ela ser muito pequena ainda", pontua.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Ana Lurdes ressalta a dificuldade dos pais que precisam trabalhar e não tem onde deixar filhos (Foto: Luciano Muta)

A estudante Julia Bordino ressalta que apesar da dificuldade para se adaptar ao ensino on-line, ainda não é o momento de normalizar as aulas. "Pensando coletivamente não seria a melhor solução voltar o presencial. Eu, por exemplo, moro sozinha aqui e não colocaria ninguém em risco da minha família. Mas tem muita gente que mora com pessoas do grupo de risco e que não seria certo se expor ao vírus. Então pensando nisso, eu acho que não deveria voltar presencial, apenas o EAD", finaliza.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Julia defende ensino a distância como medida de segurança (Foto: Luciano Muta)

O post Retomada de aula presencial gera incerteza apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas