Diário Digital “Se não conter as queimadas agora, a tragedia será pior que em 2020”, diz tenente-coronel

“Se não conter as queimadas agora, a tragedia será pior que em 2020”, diz tenente-coronel

A temporada de incêndios está preocupando moradores e Corpo de Bombeiros em Mato Grosso doSul. Regiões do Pantanal e Bonito já registraram altos índices de queimadas. O assessor de comunicação do Corpo de Bombeiro de MS, tenente-coronel Arruda participou, nesta quinta-feira (15) do programa Noticidade Primeira Edição da Rádio FM 97 para falar sobre o […] O post “Se não conter as queimadas agora, a tragedia será pior que em 2020”, diz tenente-coronel apareceu primeiro em Diário Digital.

A temporada de incêndios está preocupando moradores e Corpo de Bombeiros em Mato Grosso doSul. Regiões do Pantanal e Bonito já registraram altos índices de queimadas. O assessor de comunicação do Corpo de Bombeiro de MS, tenente-coronel Arruda participou, nesta quinta-feira (15) do programa Noticidade Primeira Edição da Rádio FM 97 para falar sobre o cenário assustador vivenciado no ano passado em relação as queimadas no Pantanal.


Segundo o tenente coronel, integrantes da corporação têm trabalhado incansavelmente para conter as chamas já existentes na região pantaneira, Parque Nacional das Emas e na cidade de Bonito. " A geada contribuiu muito para os focos de incêndios, além disso, em função da estiagem, há mais de 30 dias não chove. Após um grande trabalho para conter as chamas, não há mais foco. Nossas equipes estão monitorando todo o terrível de possíveis incêndios para evitar uma nova tragedia", explicou o Tenente- Coronel.


De acordo com o tenente-coronel, um incêndio atingiu cerca de 3,7 mil hectares entre os municípios de Bonito e Jardim.

Conforme Arruda, em meio às chamas, que devastaram a mata, animais morreram queimados ou sofreram ferimentos graves. Especialistas apontam que se não controlar agora os focos de incêndios, a tragédia será pior do que a ocorrida em 2020 por conta da falta de chuva. "É possível que a situação no Pantanal se agrave por volta de agosto e setembro, pior período de estiagem do ano", alertou.

O post “Se não conter as queimadas agora, a tragedia será pior que em 2020”, diz tenente-coronel apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas