Diário Digital Secretário de Saúde defende o passaporte de imunização e alvará sanitário

Secretário de Saúde defende o passaporte de imunização e alvará sanitário

A semana começou com mais 12 mortes confirmadas por Covid-19 em Mato Grosso do Sul: nove deles em Campo Grande, dois em Dourados e um em Cassilândia.  Essas vítimas tinham idades entre 42 e 94 anos. Todas possuíam alguma comorbidade como diabetes, doenças cardiovasculares e respiratórias, hipertensão, imunossupressão e obesidade. Ainda de acordo com o […] O post Secretário de Saúde defende o passaporte de imunização e alvará sanitário apareceu primeiro em Diário Digital.

A semana começou com mais 12 mortes confirmadas por Covid-19 em Mato Grosso do Sul: nove deles em Campo Grande, dois em Dourados e um em Cassilândia. 

Essas vítimas tinham idades entre 42 e 94 anos. Todas possuíam alguma comorbidade como diabetes, doenças cardiovasculares e respiratórias, hipertensão, imunossupressão e obesidade.

Ainda de acordo com o boletim divulgado nesta segunda-feira (27), mais de 336 casos da doença foram confirmados no Estado. Com isso, Mato Grosso do Sul acumula 372.660 contaminações desde o início da pandemia e 9.544 óbitos.

Pelos menos 555 casos permanecem sem encerramento nos sistemas pelos municípios. Em live, o secretário Geraldo Resende (Saúde) contou que a taxa de contágio está em 0,80, o que significa uma situação de estabilidade, em que um grupo de 100 pessoas contaminadas transmite o vírus para outras 80.

Vacinação

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Divulgação/ Luciano Muta)

Considerando a população com esquema vacinal completo, Mato Grosso do Sul mantém a liderança nacional. Entre a população com 18 anos ou mais e os grupos prioritários, 74,76% dos sul-mato-grossenses já receberam a segunda dose ou a dose única, 94,40% já tomaram pelo menos uma vacina.

Entre a população geral, 76,20% dos sul-mato-grossenses tomaram pelo menos uma dose do imunizante e 56,26% completaram o esquema de vacinação com duas doses ou a dose única.

Geraldo Resende destacou a necessidade das pessoas continuarem se vacinando. Ele afirmou ainda que a adesão dos adolescentes à campanha de vacinação está baixa e que todos com 12 anos ou mais devem ser imunizados.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Divulgação/ Luciano Muta)

“Estamos fazendo um mutirão de vacinação, nesses quatro e cinco dias, que começou na quarta-feira (22), foram aplicadas 155 mil doses da vacina. O dia D foi bastante importante, 40 mil doses foram aplicadas no Estado, que fez avançar, mas pretendemos avançar bem mais, porque só a vacina vai proporcionar a gente na volta da nova normalidade”, afirma.

"Minha posição é francamente favorável ao passaporte da imunidade, e inclusive teremos o alvará sanitário, tem que ser obrigatoriedade em todos os setores, seja atividades econômicas, seja da indústria, seja do comércio e terão que mostrar a imunização de todos os seus colaboradores”, ressalta Geraldo Resende.

Assim como Geraldo Resende, Sérgio Longen se diz a favor do passaporte de imunização e que inclusive, destacou que todos trabalhadores de sua empresa encontram-se imunizados.

O post Secretário de Saúde defende o passaporte de imunização e alvará sanitário apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas