Diário Digital Sem novas pistas sobre morto encontrado no telhado, polícia começa a ouvir testemunhas

Sem novas pistas sobre morto encontrado no telhado, polícia começa a ouvir testemunhas

O assassinato de Carlos Cézar de Souza, 30 anos, encontrado morto com um tiro nas costas, no telhado de uma casa, na manhã de quarta-feira (24), na região do Portal Caiobá II, em Campo Grande, está sendo investigada 6ª DP (Delegacia de Polícia) que deve começar a ouvir as testemunhas na próxima semana. O delegado […] O post Sem novas pistas sobre morto encontrado no telhado, polícia começa a ouvir testemunhas apareceu primeiro em Diário Digital.

O assassinato de Carlos Cézar de Souza, 30 anos, encontrado morto com um tiro nas costas, no telhado de uma casa, na manhã de quarta-feira (24), na região do Portal Caiobá II, em Campo Grande, está sendo investigada 6ª DP (Delegacia de Polícia) que deve começar a ouvir as testemunhas na próxima semana.

O delegado que ficará responsável pela investigação, Mikaill Farias, informou que a ocorrência atendida, inicialmente, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol foi encaminhada a delegacia da área, nesta quinta-feira. “Nós já tivemos acesso ao boletim de ocorrência e o trabalho da perícia no local. Agora, vamos intimar as testemunhas para depoimento e aguardar o laudo do médico legista”.

Carlos tinha passagens pela polícia por furto, vias de fato, lesão corporal dolosa e roubo. Pelo último crime, ele foi condenado em 2014, a cumprir 5 anos de prisão em regime aberto. “Até o momento, tudo indica que ele estaria furtando uma residência, quando foi morto. Porém, as investigações estão em fase inicial”, disse Farias.

A proprietária da casa onde Carlos foi encontrado morto no telhado, não estava no momento do furto. A energia havia sido cortada e ela estava dormindo na casa da filha.

Na madrugada, uma vizinha ligou para ela informando que teria ouvido gente no interior da casa. Logo pela manhã, ela foi até o imóvel com a Policia Militar e encontraram a porta arrombada.

A mulher relatou que sua casa estava bagunçada e a televisão, utensílios da cozinha e roupas tinham sido furtados. Os policiais encontraram sangue no chão que seguia até o telhado, onde estava o corpo de Carlos.

O post Sem novas pistas sobre morto encontrado no telhado, polícia começa a ouvir testemunhas apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas