Diário Digital Senai do Estado participa de projeto nacional para elaborar cursos inéditos

Senai do Estado participa de projeto nacional para elaborar cursos inéditos

O Senai de Mato Grosso do Sul vai participar do projeto de “Apoio ao Desenvolvimento de Cursos Inéditos”, iniciativa do Departamento Nacional do Senai que tem o objetivo de impulsionar o desenvolvimento de cursos voltados à educação profissional que contribuam para o desenvolvimento de um processo de aprendizagem inclusivo, personalizado, tecnológico e engajador para ampliação […] O post Senai do Estado participa de projeto nacional para elaborar cursos inéditos apareceu primeiro em Diário Digital.

O Senai de Mato Grosso do Sul vai participar do projeto de “Apoio ao Desenvolvimento de Cursos Inéditos”, iniciativa do Departamento Nacional do Senai que tem o objetivo de impulsionar o desenvolvimento de cursos voltados à educação profissional que contribuam para o desenvolvimento de um processo de aprendizagem inclusivo, personalizado, tecnológico e engajador para ampliação do portfólio de educação à distância, flexibilizando o acesso a conteúdos diferenciados pelos alunos da instituição.

Segundo o gerente de educação do Senai, Rogaciano Adão Canhete Júnior, apenas os departamentos regionais de Mato Grosso do Sul e do Espírito Santo manifestaram interesse em aderir ao projeto por enquanto. “É um projeto contínuo, então outros departamentos podem manifestar interesse para desenvolver novos cursos em diferentes áreas, sem um prazo específico para isso. Nós escolhemos inicialmente o eixo técnico de controle e processos industriais e vamos desenvolver o curso técnico em gases industriais, mas nada impede que posteriormente nos candidatemos para desenvolver cursos em outras áreas”, afirmou.

Os cursos desenvolvidos pelo Senai de Mato Grosso do Sul precisarão ser balizados por estudos prospectivos, demanda reprimida ou nova oportunidade identificada e integrar uma área tecnológica estratégica para a instituição, além de precisar atender setores chave da indústria, e poderão ser ofertados por todos os departamentos regionais do País após a realização de uma turma piloto.

Com limite de até 400 horas de carga horária por cursos, a ideia é que a formação seja inédita e esteja disponível no formato semipresencial ou totalmente a distância e utilize recursos de multimídia e novas tecnologias educacionais.

“Também terão funcionalidades que promovam a acessibilidade de pessoas com deficiência e precisamos prever alternativas para acesso off-line em áreas com acesso limitado à internet. Essa é uma oportunidade para contribuirmos com a democratização do acesso à educação profissional e permitir a difusão de tecnologias educacionais para melhoria contínua do processo de ensino-aprendizagem”, explicou Rogaciano Canhete.

O post Senai do Estado participa de projeto nacional para elaborar cursos inéditos apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas