Diário Digital Show não tinha licença e organização pode ter multa de até R$ 15 mil

Show não tinha licença e organização pode ter multa de até R$ 15 mil

A Prefeitura de Campo Grande divulgou neste domingo (24) a informação de que o show sertanejo que teve a presença de aproximadamente 15 mil pessoas não tinha licença municipal e foi realizado irregularmente. Com isso os promotores do evento podem ser multados em valores que varia de R$ 100,00 a R$ 15 mil. A apresentação […] O post Show não tinha licença e organização pode ter multa de até R$ 15 mil apareceu primeiro em Diário Digital.

A Prefeitura de Campo Grande divulgou neste domingo (24) a informação de que o show sertanejo que teve a presença de aproximadamente 15 mil pessoas não tinha licença municipal e foi realizado irregularmente. Com isso os promotores do evento podem ser multados em valores que varia de R$ 100,00 a R$ 15 mil. A apresentação da dupla Ícaro e Gilmar aconteceu em espaço de eventos na rodovia MS-080, saída para Rochedo, neste sábado (23).

Em nota, o município ressaltou que o show foi realizado irregularmente sem uma licença da Vigilância Sanitária que segue a determinação do artigo 29 da resolução 558 da Secretaria Municipal de Saúde), decretada em 15 de setembro de 2020, para evitar o avanço do coronavírus.

“Por conta da pandemia, a prefeitura está estabelecendo critérios específicos, que garantam a segurança da população na luta contra a Covid-19. A prefeitura vai autuar os responsáveis pelo evento, que terão prazo legal para justificar o possível descumprimento da legislação. A multa para descumprimento varia de 100 a 15 mil reais, podendo levar a interdição do local”, informa a nota.

O show ganhou repercussão após divulgação de vídeos. No local há milhares de pessoas, sem distanciamento mínimo e sem uso de máscaras. O evento violou o decreto municipal nº 14.566, que proíbe festas com mais de 80 pessoas em Campo Grande.

Veja o vídeo da aglomeração:

O post Show não tinha licença e organização pode ter multa de até R$ 15 mil apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas