Diário Digital Studio de trancistas oferece técnica e aperfeiçoamento de tranças Nagô e Crochet Braids

Studio de trancistas oferece técnica e aperfeiçoamento de tranças Nagô e Crochet Braids

Estilo destaca a beleza dos fios e devolve a autoestima

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital

As amigas Albertina Bravo e Alexsandra Barbosa, Tininha e Ale como são conhecidas, realizam neste sábado (23), o curso de qualificação em aperfeiçoamento das técnicas Nagô e Crochet Braids. Procedimento capilar que busca realçar ainda mais a beleza não só feminina, "muitos homens tem procurado Studio e aderindo o estilo", garantem as amigas.

Como já publicado pelo Diário Digital (DD), as amigas tocam juntas há cinco anos o espaço de beleza, Studio Tininha e Ale, onde são especialistas em tranças afro, mega hair, nagô e dreadlocks. Um dos estilos mais trabalhados e pedidos no salão é o nagô, Ale detalhou como é feito esse trabalho.

Alexsandra Barbosa, a Ale como é chamada, explicou que a técnica braids são tranças com extensões com fios sintéticos. - Foto: Luciano Muta

Alexsandra Barbosa, a Ale como é chamada, explicou que a técnica braids são tranças com extensões com fios sintéticos. - Foto: Luciano Muta

Diário Digital

"A trança nagô é uma técnica de trançado realizada por todo o comprimento do cabelo. Este método tem seu início bem rente à raiz podendo conferir, inclusive, desenhos no couro cabeludo se este for o estilo desejado", explicou a instrutora e especialista.

Técnicas executadas com todo carinho por elas, que vem cumprindo o papel de destacar a beleza dos fios, e devolvendo a autoestima. Como explicou Vanda Pereira dos Santos, cliente assídua, que hoje recebeu o convite para ser modelo das aulas no curso.

"Sou cliente delas há muito tempo, amo o trabalho. Quando venho aqui para fazer as tranças nagô, me sinto empoderada a autoestima vai la em cima, além da praticidade no dia-a-dia", salientou a modelo.

Vanda exibindo seu novo visual, “ me sinto poderosa”.   Foto: Luciano Muta

Vanda exibindo seu novo visual, “ me sinto poderosa”.   Foto: Luciano Muta

Diário Digital

Já para as alunas, é algo que vai além do estilo e realce dos cabelos, é um momento de relaxar e aprender. Conforme destacou Gislaine Mende, de 26 anos que desde os seus 14 anos via sua tia, que trabalhou também com Tininha e Ale, fazer em suas clientes.

"Desde pequena eu ficava "namorando" os cabelos que minha tia fazia, foi quando ela me ensinou algumas técnicas que hoje fazendo esse curso eu busco perfeiçoar mais meu conhecimento e trabalhar com isso futuramente. Para mim é uma terapia", concluiu a aluna.

Aluna durante aprendizado. Foto: Luciano Muta

Aluna durante aprendizado. Foto: Luciano Muta

Diário Digital

No Studio Tininha, as tranças e penteados carregam significados históricos e culturais, pois como já mencionado uma das proprietárias veio da Angola, na África. 

Não pense que as tranças nagô “não são pra você”! Conforme explicou Tininha, elas são para todo tipo de cabelo, cacheado, crespo, ondulado,  liso, ongo e curto, sendo inclusive, uma ótima opção para quem está na fase de transição capilar. 
 

Studio Tininha - Ficou curioso para aprender essa técnica que tem estado em alta, ou até mesmo pretende da um ‘tapa no visual’, o espaço está localizado na Rua José Antônio, número 563, 2º andar - Centro. O espaço de beleza também pode ser encontrado pelo Instagram @studiotininha. Agende seu horário pelo WhatsApp (67) 99284-2478.

Últimas