Diário Digital Suspeito de usar criptomoeda para lavar dinheiro é preso no interior de MS

Suspeito de usar criptomoeda para lavar dinheiro é preso no interior de MS

Marcos Walevein, de 47 anos de idade, foi preso nesta quarta-feira, 25 de Maio, em Dourados (MS). Ele é investigado por supostamente operar no mercado financeiro de ‘criptomoedas’ utilizando dinheiro com procedência ilícita. Os policiais civis do Setor de Investigações Gerais (SIG) cumpriram dois mandados de busca e apreensão e o mandado de prisão temporária. […] O post Suspeito de usar criptomoeda para lavar dinheiro é preso no interior de MS apareceu primeiro em Diário Digital.

Marcos Walevein, de 47 anos de idade, foi preso nesta quarta-feira, 25 de Maio, em Dourados (MS). Ele é investigado por supostamente operar no mercado financeiro de ‘criptomoedas’ utilizando dinheiro com procedência ilícita.

Os policiais civis do Setor de Investigações Gerais (SIG) cumpriram dois mandados de busca e apreensão e o mandado de prisão temporária. Desencadeada em 2020 pela Polícia Civil de Pernambuco a "Operação Intruso" vem dando sequência nas ações.

Durante a operação, na residência investigado foram apreendidos um carro, duas pistolas calibre 9 milímetros registradas, joias, cheques, cofre e dinheiro em espécie.

Conforme o Dourados News, foram confiscados também dois gabinetes de computadores de mesa e quatro notebook que podem ter sido usados para ‘lavar’ dinheiro gerado através do tráfico de drogas.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Foram apreendidos desde carro a joias
(Foto: Reprodução/Dourados News)

Segundos as investigações, o procedimento usado para disfarçar a origem de recursos ilegais era realizado por meio de transações de valores na internet, como investimentos em moedas digitais.

Em entrevista ao Portal de Notícias, o delegado do SIG em Dourados, Eliel Raimundo disse que as forças de segurança pública de Pernambuco contactaram a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) de Mato Grosso do Sul, solicitando apoio para o cumprimento dos mandados judiciais.

“Foram apreendidos diversos aparelhos eletrônicos que podem ter sido usados para lavagem de dinheiro do tráfico de drogas através das ‘criptomoedas’”, explicou o delegado. De acordo com ele, os computadores seriam usados para cometer o crime fiscal investigado pela operação Polícia Civil do Estado nordestino.

Operação Intruso – Integram a operação equipes de policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Divisão de Inteligência (Dipol) da Polícia Civil de Pernambuco. Desde 2020, ao menos 20 suspeitos já chegaram a ser presos.

Está sob investigação uma organização criminosa liderada por um traficante conhecido como ‘Rei do Skunk’, preso em Pernambuco e transferido para Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Investigado chegando na Delegacia (Foto: Reprodução/Dourados News)

O post Suspeito de usar criptomoeda para lavar dinheiro é preso no interior de MS apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas