Diário Digital Tamanduá resgatado de incêndio no Pantanal morre no Cras

Tamanduá resgatado de incêndio no Pantanal morre no Cras

O Tamanduá-bandeira adulto que foi resgatado das queimadas do Pantanal recebia tratamento inédito no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) de Campo Grande não resistiu aos ferimentos e morreu nesta terça-feira, 13 de Outubro. Na noite de oito de outubro,  um grupo de voluntários de Corumbá (MS), o encontrou na Estrada Parque do Pantanal. […] O post Tamanduá resgatado de incêndio no Pantanal morre no Cras apareceu primeiro em Diário Digital.

O Tamanduá-bandeira adulto que foi resgatado das queimadas do Pantanal recebia tratamento inédito no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) de Campo Grande não resistiu aos ferimentos e morreu nesta terça-feira, 13 de Outubro.

Na noite de oito de outubro,  um grupo de voluntários de Corumbá (MS), o encontrou na Estrada Parque do Pantanal. Bastante ferido o animal foi trazido para Campo Grande. O tamanduá chegou no centro com queimaduras de segundo e terceiro grau nos membros inferiores, no qual, apresentava um estágio alto de dor.

Além de analgésicos e anti-inflamatórios, a animal recebia um novo tratamento inédito que é a utilização de pele de tilápia nas partes inferiores para que possa assim, acelerar o processo cicatricial das patas.

O tamanduá era o primeiro animal vítima das queimadas a ser atendido no Cras da Capital.

O post Tamanduá resgatado de incêndio no Pantanal morre no Cras apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas