Diário Digital Tio e sobrinho que fizeram arrastão em comércio e espancaram testemunha são presos

Tio e sobrinho que fizeram arrastão em comércio e espancaram testemunha são presos

Os dois homens foram presos na cidade de Assis, interior de São Paulo, nesta quinta-feira (28). Eles são acusados de uma série de furtos a comércios de Nova Alvorada do Sul. O prejuízo com os furtos é estimado em aproximadamente R$ 100 mil. Os bandidos ainda são acusados de espancar um homem e queimar sua […] O post Tio e sobrinho que fizeram arrastão em comércio e espancaram testemunha são presos apareceu primeiro em Diário Digital.

Os dois homens foram presos na cidade de Assis, interior de São Paulo, nesta quinta-feira (28). Eles são acusados de uma série de furtos a comércios de Nova Alvorada do Sul. O prejuízo com os furtos é estimado em aproximadamente R$ 100 mil. Os bandidos ainda são acusados de espancar um homem e queimar sua moto por acreditarem que ele estivesse contribuindo com a investigação policial.

Um dos acusados tem 20 anos e o outro é o seu tio de 47 anos. Eles chegaram a fugir para Assis, mas na terça-feira (26) retornaram a Nova Alvorada do Sul, com um caminhão de transportadora, para buscar a mudança. Já nesta quinta-feira, quando chegavam na cidade paulista, foram presos com apoio dos policiais do Estado de São Paulo.

A dupla já era investigada pela Polícia Civil em Mato Grosso do Sul, acusada de furtar canos de usina, três mercados, centro de distribuição na cidade de Nova Alvorada e também outros comércios. Eles estariam na cidade sul-mato-grossense há cerca de dois anos e meio. Preparados, faziam um verdadeiro limpa nos estabelecimentos, pois utilizavam uma carretinha levando os produtos furtados para uma casa que alugaram unicamente para esconder os pertences.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Produtos furtados de um dos estabelecimentos comerciais (Foto: Rones Cézar /Alvorada Informa)

Durante a investigação, eles espancaram um morador de Nova Alvorada por acreditarem que ele havia feito a denúncia para a polícia. A dupla invadiu a casa da testemunha, amarraram com fio de energia, agrediram bastante e queimaram motocicleta. Eles ainda roubaram celular e a carteira da vítima.

Tio e sobrinho foram indiciados por seis crimes, entre eles furto qualificado, roubo e dano qualificado. Se condenados, as penas podem ultrapassar os 20 anos de prisão.

(Com informações: Alvorada Informa)

O post Tio e sobrinho que fizeram arrastão em comércio e espancaram testemunha são presos apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas