Diário Digital Tradicional evento de Louvação a Iemanjá é cancelado em Corumbá

Tradicional evento de Louvação a Iemanjá é cancelado em Corumbá

A situação preocupante que Mato Grosso do Sul vive em relação à pandemia da covid-19, com aumento de casos confirmados e de mortes em consequência da doença, levou a Prefeitura de Corumbá a cancelar a festa de Louvação a Iemanjá. Contudo, os devotos não serão impedidos de celebrarem. A normatização, com as regras a serem […] O post Tradicional evento de Louvação a Iemanjá é cancelado em Corumbá apareceu primeiro em Diário Digital.

A situação preocupante que Mato Grosso do Sul vive em relação à pandemia da covid-19, com aumento de casos confirmados e de mortes em consequência da doença, levou a Prefeitura de Corumbá a cancelar a festa de Louvação a Iemanjá. Contudo, os devotos não serão impedidos de celebrarem. A normatização, com as regras a serem respeitadas, foi publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira, por meio do decreto 2.452 de 29 de dezembro de 2020.   

O documento autoriza as religiões de Matriz Africana e adeptos apenas a realização de entrega de oferendas, desde que obedecidas as seguintes regras: cada terreiro poderá fazer sua oferenda em um período de 15 minutos com o número máximo de 15 pessoas; a entrega das oferendas poderá ser realizada entre 05h e 21h45, conforme Decretos Estaduais nº. 15.559/2020 e nº. 15.574/2020, os quais estabeleceram toque de recolher em todos os municípios de Mato Grosso do Sul; o uso de máscaras continua obrigatório e não será permitida a comercialização de bebidas e alimentos por ambulantes e proprietários de barracas na Prainha do Porto Geral e arredores.

O acesso à Prainha do Porto e o cumprimento das normas ficam sob a responsabilidade dos agentes da Agência Municipal de Transito e Transporte, da Guarda Civil Municipal e membros do Grupo de Fiscalização Integrada do Município de Corumbá, nos dias 29, 30 e 31 de dezembro de 2020.

"Cada devoto poderá ir até a Prainha do Porto Geral fazer a entrega da sua oferenda. As pessoas devem usar as máscaras e terão tempo de 15 minutos para o rito, respeitando o decreto que vigora das 05h até às 21h45, evitando assim, aglomerações”, reforçou o diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico, Joílson Cruz. 

A diretora-presidente da Fundação do Turismo do Pantanal, Elisângela Sienna da Costa Oliva, também alertou que não será permitida a circulação de vendedores ambulantes pelo local. “Muito menos a montagem de barracas para a comercialização de bebidas e alimentos. Caberá aos fiscais de Posturas a fiscalização para que essa medida preventiva seja efetivamente cumprida.  O poder público municipal acredita que está contribuindo para evitar a proliferação dessa doença que hoje, é motivo de angústia no mundo”, disse Elisângela. 

Conforme a Prefeitura, a manifestação de fé reúne mais de três mil pessoas na Prainha do Porto todo final de ano. É lá que os devotos fazem a entrega de suas oferendas, pedidos e agradecimentos à rainha das águas.

Eventos cancelados em 2020

Além da Louvação a Iemanjá, outros eventos deixaram de ser realizados em Corumbá, ao longo deste ano, em razão da pandemia do novo coronavírus. Foram cancelados: o Banho de São João; o Festival Internacional de Pesca (Fipec) e o Festival América do Sul Pantanal (FASP). 

O Carnaval 2021, que pelo calendário de eventos do Brasil, aconteceria em fevereiro, pode ser realizado no segundo semestre, mas somente se o plano de vacinação contra a covid-19 for eficaz. 

(Com informações: Diário Corumbaense)

O post Tradicional evento de Louvação a Iemanjá é cancelado em Corumbá apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas