Diário Digital Treinamento de brigadistas têm simulação de incêndio, fumaça e queimaduras falsas

Treinamento de brigadistas têm simulação de incêndio, fumaça e queimaduras falsas

O Shopping Campo Grande foi cenário de um incêndio na manhã desta terça-feira (23). A cena fez parte de um simulado de incêndio do curso de formação do Corpo de Bombeiros e do Fenix Centro de Treinamento e Capacitação Bombeiro Civil. A ação mobilizou, também, alunos de curso técnicos em enfermagem. O treinamento prepara os […] O post Treinamento de brigadistas têm simulação de incêndio, fumaça e queimaduras falsas apareceu primeiro em Diário Digital.

O Shopping Campo Grande foi cenário de um incêndio na manhã desta terça-feira (23). A cena fez parte de um simulado de incêndio do curso de formação do Corpo de Bombeiros e do Fenix Centro de Treinamento e Capacitação Bombeiro Civil. A ação mobilizou, também, alunos de curso técnicos em enfermagem.

O treinamento prepara os futuros bombeiros para situações de incêndio e envolveu cerca de 50 pessoas, entre alunos, atores e colaboradores. Na ação, o restaurante Estação Sul foi tomado por uma fumaça artificial, por volta das 8h, e por cinco vítimas simuladas, entre gestantes, atores com queimaduras falsas e até um infarto encenado, da situação.

Os alunos do curso ficaram responsáveis por evacuar as vítimas e encaminhá-las para as saídas de segurança e para atendimento com socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O coordenador da brigada de incêndio do Shopping, Murilo Meyer, esclarece que o simulado liga os socorristas do estabelecimento aos militares. "Essa ação tem o viés de linkar tanto o funcionamento da nossa brigada de incêndio, estimular esses procedimentos, como também proporcionar a conexão com o Corpo de Bombeiro Militar", explica.

A cena durou cerca de trinta minutos e mobilizou nove bombeiros militares para auxiliar os alunos, conta o Capitão do Corpo de Bombeiros, Rodrigo Bueno. Ele reforça a ação dos brigadistas em conjunto aos bombeiros. "O plano de evacuação tem todo um treinamento para o pessoal da brigada, e também o acesso de viaturas ao shopping, tem toda uma logística para que as viaturas possam adentrar as referências do shopping e nós possamos estar no mesmo lugar de forma coordenada para prestar atendimento às vítimas", afirma.

O exercício também prepara futuros técnicos de enfermagem para atender os envolvidos em situações de risco. Os alunos de um curso de técnico em enfermagem do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) acompanharam o atendimento aos atores.

A estudante Ester Ferreira está no início do curso e participou pela primeira vez de uma cena de incêndio. Ela conta que a experiência enriquece o olhar profissional. "Conseguimos ver a organização da equipe, os procedimentos de primeiros-socorros, a tomada de decisões rápidas. Pudemos analisar de longe para depois tomarmos uma atitude", diz.

Atores e colaboradores participam da ação, que tem o objetivo de mostrar como os funcionários devem proceder em casos de acidente. Para o diretor da Fênix, Sergio Lopes Costa, o simulado prepara vários profissionais para lidar com acidentes."As vítimas são atendidas e encaminhadas ao serviço de saúde. A intenção do serviço simulado é ver essa resposta que a cidade possui para isso [situações de incêndio], tanto do serviço de controle de incêndio, promovido pelo Corpo de Bombeiros, quanto do serviço de saúde, do Samu e das outras estruturas disponíveis para isso", explica.

Os locais para realização da ação foram interditados, bem como parte dos corredores. As atividades aconteceram antes do horário de funcionamento do Shopping, para não envolver clientes reais.  

O post Treinamento de brigadistas têm simulação de incêndio, fumaça e queimaduras falsas apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas