UPAs da Capital recebem reforço de oxigênio

A partir desta sexta-feira (12), as quatro principais Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Campo Grande terão reforço no abastecimento de oxigênio. Nos locais serão instaladas geradores do gás comprimido, garantindo o suporte para pacientes que estão sob respiração mecânica ou necessitam de suporte de oxigênio. Os equipamentos estão sendo instalados nas UPAs Leblon, Coronel […] O post UPAs da Capital recebem reforço de oxigênio apareceu primeiro em Diário Digital.

A partir desta sexta-feira (12), as quatro principais Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Campo Grande terão reforço no abastecimento de oxigênio. Nos locais serão instaladas geradores do gás comprimido, garantindo o suporte para pacientes que estão sob respiração mecânica ou necessitam de suporte de oxigênio.

Os equipamentos estão sendo instalados nas UPAs Leblon, Coronel Antonino, Moreninhas e Vila Almeida, já que são as unidades com o maior fluxo de pacientes na cidade. “Estamos assim garantindo o suporte necessário àquelas pessoas que buscam por atendimento e já apresentam um quadro mais agravado”, explica o secretário municipal de saúde José Mauro Filho.

Esta é mais uma das ações tomadas pela prefeitura em relação ao aumento de casos confirmados e internações decorrentes da infecção provocada pelo novo Coronavírus. Além da modernização da distribuição de oxigênio nessas unidades, a Sesau também está em tratativas constantes com os hospitais para aumentar o número de leitos de UTI.

Outras medidas - Somente em uma semana, a prefeitura ampliou a quantidade de leitos em pelo menos quatro hospitais, totalizando 34 novos leitos, sendo 12 UTIs na Clínica Campo Grande, 7 leitos semicríticos no Hospital do Câncer, 10 UTIs no Hospital do Pênfigo e 5 na Santa Casa. Há ainda tratativas para ativar outros 30 leitos de retaguarda no Hospital São Julião.

Na tentativa de frear a disseminação do vírus, foram reativadas também as barreiras sanitárias nas principais entradas da cidade, tendo sido abordadas mais de 5,8 mil pessoas e identificados sete casos suspeitos de Covid-19 somente no primeiro dia. As intervenções estão ocorrendo nas saídas para Cuiabá, Sidrolândia, São Paulo e Três Lagoas

A desinfecção de ruas da cidade também foi retomada, passando nesta quinta-feira pelas ruas Marquês de Pombal, Marquês de Lavradio e José Nogueira Vieira, na região dos bairros Tiradentes e Jardim São Lourenço. Essa é a terceira vez que a região é desinfectada desde o início das atividades no ano passado.

O post UPAs da Capital recebem reforço de oxigênio apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas