Cidades Discussão por causa de aborto acaba com duas mulheres mortas, na Paraíba

Discussão por causa de aborto acaba com duas mulheres mortas, na Paraíba

Duas mulheres foram assassinadas na noite de sexta-feira (14), em Fagundes, na região de Campina Grande. Segundo a polícia, os crimes ocorreram devido a discussões que teriam provocado um aborto. Três suspeitos no caso foram presos no fim de semana. As informações são da TV Correio. Marilene Cruz de Lima, de 37 anos, e Josefa […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Suspeito queria matar três mulheres. A vítima que era o alvo dele conseguiu sobreviver (Foto: Reprodução/TV Correio)

Duas mulheres foram assassinadas na noite de sexta-feira (14), em Fagundes, na região de Campina Grande. Segundo a polícia, os crimes ocorreram devido a discussões que teriam provocado um aborto. Três suspeitos no caso foram presos no fim de semana. As informações são da TV Correio.

Marilene Cruz de Lima, de 37 anos, e Josefa Maria Nascimernto, de 51 anos, foram mortas a tiros, na zona rural da cidade, porque estavam juntas de outra mulher que seria o alvo. Ela sobreviveu.

Segundo a polícia, o crime ocorreu porque a sobrevivente teria discutido com a esposa grávida do suspeito. Ela sofreu um aborto e o homem culpou a mulher que provocou a discussão. Ele teria usado uma arma emprestada pelo irmão e ao buscar a mulher que era o alvo, acabou matando também outras duas que a acompanhavam.

O executor e outros dois irmãos foram presos. Ele negou que tenha matado as mulheres, mas um dos irmãos dele disse à polícia que ele tinha muita vontade de ser pai e não aceitava o fato da esposa ter perdido o bebê após a discussão com a mulher.

A polícia apreendeu armas e munições e os três suspeitos presos aguardam posição da Justiça.

Últimas