Cidades Dono revê Pandora após sumiço em aeroporto: 'Estou flutuando'

Dono revê Pandora após sumiço em aeroporto: 'Estou flutuando'

Cachorra estava desaparecida havia 45 dias, depois de conexão de um voo da Gol no aeroporto de Guarulhos (SP) em dezembro

  • Cidades | Do R7

A cachorra Pandora, desaparecida há 45 dias após a conexão de um voo da Gol no aeroporto de Guarulhos (SP), finalmente reencontrou seu dono, Reinaldo Gomes Júnior.

À reportagem da Record TV, Reinaldo disse que se emocionou ao rever a cachorrinha em casa. “Estou sem palavras. No momento estou flutuando. Ainda não aterrissei na Terra para chorar o que tenho que chorar. Mas ainda estou mais preocupado com a saúde dela”, afirmou o garçom, que perdeu 16 kg desde o sumiço de Pandora.

A cachorrinha havia desaparecido em 15 de dezembro, em uma conexão da empresa Gol Linhas Aéreas em Cumbica, em voo do Recife (PE) para Navegantes (SC). No local, Reinaldo foi informado de que Pandora tinha destruído a caixa onde seria transportada e escapado.

Desde então, o dono e sua família estavam procurando a cachorra, que foi encontrada no terminal de cargas do aeroporto onde havia desaparecido. Reinaldo chegou a deixar seu emprego para se manter focado nas buscas de Pandora. Debilitada após um mês e meio, ela será levada a um veterinário.

45 dias separaram Pandora de Reinaldo, seu dono

45 dias separaram Pandora de Reinaldo, seu dono

Reprodução

Últimas