Cidades Em pesquisa da Fundação Lemann, pais opinam sobre aulas remotas

Em pesquisa da Fundação Lemann, pais opinam sobre aulas remotas

Conteúdo patrocinado. Pais de estudantes em todo o país opinaram sobre o

Portal Correio

Conteúdo patrocinado. Pais de estudantes em todo o país opinaram sobre o rendimento das aulas durante o período de isolamento social. Conduzida pela Fundação Lemann, a pesquisa realizada em julho, por telefone, apontou que que a maioria defende a continuidade das aulas de 2020 no próximo ano. Além disso, o ensino híbrido é apoiado como alternativa para condução das aulas. 

Entre as medidas para salvar o ano letivo, 92% dos pais defendem a continuidade das atividades virtuais em casa, em conjunto com as aulas presenciais; 76% afirmaram apoiar aulas aos sábados; 74% querem aulas em dias alternados, enquanto as restrições da quarentena ainda prosseguem e 73% acredita que os filhos devem ter mais aulas por dia.

Já em relação à aprendizagem em casa, 48% dos pais alegaram que os filhos estão menos envolvidos nas escolas do que no período anterior à pandemia e 18% consideram que eles perderam o interesse pelo estudo. A falta de motivação para estudar passou de 46% em maio para 51% em junho, segundo aponta a pesquisa. 

O levantamento da Fundação Lemann também mostrou que para os pais o desafio inicial de oferecer acesso aos conteúdos escolares foi cumprido pela maioria das escolas, em que 82% dos alunos receberam atividades pedagógicas, sendo que 44% combinam material impresso com algum tipo de equipamento eletrônico (celular, computador, TV com acesso à internet ou rádio). 

Últimas