Enem 2020 terá a participação de meio milhão de treineiros

Conteúdo patrocinado. O número de treineiros que farão as provas impressas do

Conteúdo patrocinado. O número de treineiros que farão as provas impressas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 foi divulgado ontem, 26, pelo Ministério da Educação (MEC). Ao todo, se inscreveram nesta edição 592.959 estudantes que cursam a 1ª ou a 2ª série do ensino médio.

Diferentemente dos candidatos regulares, o participante que se inscreve como “treineiro” visa somente à autoavaliação. Dessa maneira, poderá utilizar os resultados para acesso à educação superior nem acessar programas governamentais de financiamento ou apoio ao estudante de ensino superior como Sisu. No entanto, conforme o edital, o candidato “treineiro” estará submetido às mesmas regras que os demais participantes, mas só saberá suas notas 60 dias após a divulgação dos resultados dos outros participantes do exame.

A versão impressa do Enem 2020 possui 5.687.271 inscritos. As provas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Nesta edição, o Enem Digital não estará disponível para “treineiros”.

Enem

Realizado anualmente pelo Instituto Nacional do Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) desde 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar ao final da educação básica.

A estrutura do exame conta com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

*Com informações do MEC

Fonte: Agência Educa Mais Brasil