Cidades Enfermeira é a primeira a receber a vacina contra a Covid-19 em Monteiro

Enfermeira é a primeira a receber a vacina contra a Covid-19 em Monteiro

A primeira pessoa a ser imunizada contra a Covid-19 em Monteiro, interior

Portal Correio

A primeira pessoa a ser imunizada contra a Covid-19 em Monteiro, interior da Paraíba, foi a enfermeira Maria Aparecida dos Santos Mendes, de 42 anos. Ela atua na linha de frente no combate ao Covid-19 no Hospital Regional Santa Filomena.

“Minha expectativa com a vacina enquanto profissional é que possamos estabelecer um novo normal e voltar a ter esperança. Enquanto cidadã, espero retornar nossas vidas ao normal, porém como seres humanos com mais empatia. Deixaremos de presenciar o sofrimento de nossos pacientes e familiares. Esse vírus nos trouxe isolamento, é uma doença solitária, nós profissionais de saúde, somos a única companhia em seus leitos hospitalares, precisamos abraçar, beijar, sentir o outro, essa é nossa verdadeira riqueza, impossibilitada pela Covid”, disse Maria Aparecida, após receber a primeira dose da Coronavac.

Com 345 doses de vacina disponíveis para o município, os primeiros escolhidos foram os profissionais de saúde que atuam na linha de frente contra a Covid-19 e os idosos do Centro de Convivência Iracema Bezerra de Menezes.

A prefeita Anna Lorena afirmou que a chegada da vacina trará mais alegria, tranquilidade e alívio ao município, que estava na expectativa para receber as doses.

“Estamos comemorando a chegada e a aplicação da primeira dose da vacina. Monteiro poderá contar com mais segurança para os profissionais destemidos que lutaram e tanto se dedicaram neste período. Teremos mais tranquilidade quanto aos internos do Abrigo Iracema de Menezes, já que todos eles serão vacinados e muita alegria porque este é o começo da realização de um sonho que nós tínhamos para que as coisas comecem a voltar ao normal. Mas mesmo assim, temos que lembrar que mesmo essas pessoas que receberam a vacina ainda devem seguir as recomendações do uso de máscara, do álcool gel e do isolamento. Agora temos mais motivos para agradecer”.

Últimas