Coronavírus

Cidades Fabricante de bebidas doa álcool 70% para hospitais de Recife

Fabricante de bebidas doa álcool 70% para hospitais de Recife

Tonéis com mil litros do insumo – suficientes para três meses de uso hospitalar – serão distribuídos em parceria com transportadora local

  • Cidades | Marco Antonio Araujo, do R7

Alta procura pelo álcool gel gerou reajustes abusivos e baixos estoques

Alta procura pelo álcool gel gerou reajustes abusivos e baixos estoques

Pixabay

O Campari Group iniciou a distribuição de álcool 70% para instituições de saúde que atuam no combate ao novo coronavírus em Recife (PE). O consumo do produto cresceu após a pandemia, e a alta procura por diferentes formas de álcool faz com que haja escassez no mercado, com os hospitais trabalhando sem estoque.

As doações serão suficientes para três meses de uso e chegarão aos hospitais Universitário Oswaldo Cruz, Correia Picanço, Dom Hélder Câmara, Hospital da Mulher e Instituto Materno Infantil, todos localizados na capital pernambucana.

A empresa mobilizou a produção de sua fábrica de Suape, no litoral sul do estado – que, de acordo com boletim divulgado nesta segunda-feira (06) pela Secretaria da Saúde, já conta com 223 casos confirmados.

No Hospital da Mulher, o uso mensal de álcool 70% antes da pandemia era de 300 litros mensais. A expectativa é que o consumo triplique. Em condições normais, o gasto mensal da instituição com o produto é de cerca de R$ 2500. Com a pandemia, o preço vem sofrendo reajustes abusivos.

No Hospital Correia Picanço, a média de consumo já passou de 240 litros mensais para cerca de 800 litros. 

Últimas