A cada dois minutos, um homem faz cirurgia plástica no país, revela estudo

Além da plástica, relatório americano mostra que homens realizaram mais de um milhão de tratamentos estéticos não cirúrgicos em 2019

Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Preenchimentos e fios tração são alguns dos tratamentos mais procurados pelo público masculino.

Um relatório da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica Estética mostrou que no ano passado os homens foram submetidos a mais de um milhão de tratamentos estéticos não cirúrgicos. Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica revelam que o Brasil está entre os principais países que mais realizam intervenções cirúrgicas, o que inclui homens e mulheres. 

Mas o que tem feito com que a procura por procedimentos estéticos aumente entre o público masculino? De acordo com o farmacêutico esteta César de Alencar, eles buscam soluções mais imediatas e ficam ansiosos por transformações. "Muitos procedimentos que eram considerados tabus no meio masculino já estão deixando de ser, como é o caso do uso da toxina botulínica para o preenchimento labial e suavizar as linhas de expressão, as famosas rugas. Outro procedimento que é muito procurado é o preenchimento de mandíbula, que deixa o rosto mais marcado e quadrado, promovendo uma aparência mais máscula”. 

Segurança  

Esses tipos de procedimentos podem ser realizado por médicos, biomédicos e farmacêuticos especializados em estética e dentistas. As celebridades e famosos são os mais adeptos aos tratamento. O farmacêutico esteta César Alencar conta que a harmonização facial tem conquistado cada vez mais esse público em busca de equilíbrio estético.

Menos invasivos 

O especialista destaca que os preenchimentos tem ganhado cada vez mais adeptos, pois além de serem minimamente invasivos, também são uma opção à cirurgia plástica, pois corrigem pequenas imperfeições e o resultado é imediato, dispensando os cuidados de um pós operatório.

Substâncias 

Entre os preenchimentos utilizados estão o uso de ácido hialurônico, deoxicolato de sódio, fios de PDO e botox. O preenchedor é escolhido de acordo com a necessidade de cada pessoa e é definido após o primeiro contato entre profissional e paciente.

Plástica

Mas quando o assunto é cirurgia plástica, os homens também têm se mostrado adeptos às opções definitivas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a cada dois minutos, um homem faz cirurgia plástica no país.

O cirurgião plástico Adriano Batistuta disse que as cirurgias mais procuradas por homens são a rinoplastia, ginecomastia, lipoaspiração, otoplastia e blefaroplastia. No popular, são as cirurgias para correção no nariz, mama, lipoaspiração, correção da orelha de abano e pálpebra. “Os homens também fazem cirurgia de mama, isso porque muitas vezes acontece o excesso de crescimento em uma ou nas duas mamas masculinas. Geralmente acontece na adolescência, 13 a 15 anos de idade, e regride naturalmente até os 17 anos, se isso não acontecer pode incomodar, marcar nas camisetas e a solução é somente a cirurgia”, disse Adriano.

A blefaroplastia, que era um procedimento muito realizado em mulheres, os homens, há alguns anos, só se submetiam ao procedimento quando o excesso de pele prejudicava a visão. “Hoje a procura já acontece pelo menos motivo que as mulheres procuram, que é pelo rejuvenescimento”, disse.

Eles também estão fazendo mais lipoaspiração e melhorando esteticamente o nariz. Geralmente são mais discretos que as mulheres e optam por mudanças sutis, e que, se possível, não sejam muito notadas.