Folha Vitória Acidente em Colatina: interdição na BR-259 durou mais de 7 horas

Acidente em Colatina: interdição na BR-259 durou mais de 7 horas

O acidente deixou quatro pessoas mortas e duas feridas, no trecho da rodovia que fica entre João Neiva e Colatina

Folha Vitória
Foto: Rio Doce em Pauta
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A BR-259, onde ocorreu um grave acidente entre uma carreta e um carro de passeio, ficou interditada por mais de sete horas, nesta quarta-feira (10). A colisão aconteceu por volta das 13h15 e, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi liberada somente por volta das 20h20.

O acidente deixou quatro pessoas mortas e duas feridas, no trecho da rodovia que fica entre João Neiva e Colatina. 

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, no carro envolvido no acidente havia cinco pessoas. Um homem e três mulheres morreram no local. Uma das vítimas que estava no carro e o motorista da carreta foram socorridos e levados para o hospital.

Chovia muito na hora do acidente e a pista estava bastante molhada. As vítimas ainda não tiveram os nomes divulgados.

Trecho do acidente deve ser duplicado

A BR-259 deverá ser duplicada e passar por melhorias nos próximos anos, o que pode contribuir para a redução de casos de acidentes.

O trecho a ser duplicado vai do Km 0 ao 63, entre os municípios de João Neiva e Colatina. Portanto, o local do acidente desta quarta-feira — Km 22,5, no distrito de Acioli — faz parte do trecho contemplado. Além da duplicação, será feita a restauração do pavimento da pista existente.

O projeto ainda prevê outras melhorias, como novos acostamentos, terceiras faixas e vias laterais, até a divisa do Espírito Santo com Minas Gerais, na cidade de Aimorés. No total, são mais de 100 quilômetros no projeto.

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o processo de licitação, que vai definir qual empresa será a responsável por conduzir as obras, ainda está em curso.

Entretanto, de acordo com a senadora Rose de Freitas (MDB-ES), que tem acompanhado o processo junto ao Dnit, há uma expectativa para que o contrato de duplicação da BR-259 seja assinado ainda em novembro.

Segundo a senadora, o processo de licitação está em curso, de forma bem-sucedida. O prazo para a execução das obras é de três anos. 

Últimas