Folha Vitória Aeroporto de Vitória conta com nova área exclusiva para operações off-shore

Aeroporto de Vitória conta com nova área exclusiva para operações off-shore

De acordo com o CEO do aeroporto, com os novos investimentos, o local visa a implantação de uma sala vip

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Desde o começo de janeiro, o Aeroporto de Vitória possui uma nova estrutura que visa o atendimento das demandas de operadores aéreos e de empresas no ramo de off-shore. A concessionária subsidiária do grupo Zurich Airport assumiu o aeroporto neste mês e, desde então, tem promovido um aprimoramento nas operações buscando o fornecimento de um serviço eficiente e inovador.

Trata-se de uma operação com especificações próprias, sendo assim, a logística da cadeia produtiva de óleo e gás, seja para voos on-shore ou off-shore, exige um alto nível de expertise. Com isso, o aeroporto estruturou um atendimento exclusivo para esse serviço. 

As mudanças aconteceram através de investimentos em equipamentos, treinamento de equipe e escolha de procedimentos especiais que atendam os altos níveis de exigência das empresas do ramo petroleiro. No início do mês, a principal produtora de petróleo do país passou a aderir o serviço.

Conheça alguns diferenciais:

- Salas de embarque e desembarque exclusivas;
- Inspeção de bagagens despachadas especializadas em operação offshore;
- Inspeção de segurança nos passageiros no embarque e desembarque;
- Certificação de eletrônicos de acordo com regramento de cada operadora;
- Salas de briefing;
- Transporte de superfície nas áreas operacionais;
- Processamento de cargas.

"Estamos prontos para receber as operações de off-shore com excelência, oferecendo uma estrutura adequada para esses prestadores de serviço. É muito bom contribuir para essa logística tão importante para o país”, disse Ricardo Gesse, CEO do aeroporto de Vitória.

A concessionária estuda a ampliação do serviço com investimentos para o lançamento de uma Sala VIP, exclusiva para os passageiros do segmento. A previsão é que a estrutura esteja pronta no primeiro trimestre de 2021.

Últimas