Folha Vitória Ambulância que transportava bebê fica ilhada durante enchente em Vila Velha

Ambulância que transportava bebê fica ilhada durante enchente em Vila Velha

A criança estava sendo transportada de Colatina para o Hospital Infantil de Vila Velha após apresentar quadros de insuficiência respiratória e problema intestinal

Folha Vitória
Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros Militar ES
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Além dos prejuízos com comércios e residências em virtude das fortes chuvas que caíram na Grande Vitória no último fim de semana, um outro caso chamou a atenção pela gravidade. A ambulância que transportava uma bebê ficou ilhada na madrugada da última segunda-feira (08) em Vila Velha. O veículo trazia uma recém-nascida de Colatina para o Hospital Infantil de Vila Velha.

A criança sendo transportada era a recém-nascida Vitória Oliveira Faria, que com apenas oito dias de vida, apresentou quadros de problema intestinal e insuficiência respiratória. A família e a criança são naturais de São Mateus, norte do Espírito Santo, mas por não terem condições de socorrer a criança, foram para Colatina.

Devido a gravidade do caso, os médicos recomendaram que a pequena Vitória fosse transportada para o Hospital Infantil de Vila Velha para que fosse realizado o procedimento cirúrgico. Dentro da ambulância, a pequena Vitória estava sendo transportada em uma incubadora e durante as fortes chuvas, o veículo ficou ilhado. Tudo aconteceu no momento em que a ambulância passava pelas proximidades do Terminal de Vila Velha.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, uma equipe de emergência foi acionada para o local da ocorrência e um caminhão de combate a incêndio foi utilizado no resgate por ser o único capaz de passar pela enchente. Após a chegada do caminhão, os bombeiros conseguiram resgatar a criança com saúde para que ela conseguisse chegar ao hospital.

A pediatra neonatologista, Maria da Penha Vanzo, explicou que ainda não é possível prever uma data de alta médica. "Ela não tem previsão de alta porque está com menos de um quilo e só pode ter alta com mais de dois, mas temos esperança de que a bebê vai conseguir essa vitória e vai se recuperar", disse.

Uma tia da bebê está acompanhando a pequena no hospital. Vitória segue internada e devido ao atual peso, a cirurgia ainda não pode ser realizada.

* Com informações da repórter Viviane Lopes, da TV Vitória/Record TV.

Últimas