Folha Vitória Andre Visser, técnico do Rio Branco, comunica a sua saída do clube capixaba

Andre Visser, técnico do Rio Branco, comunica a sua saída do clube capixaba

O treinador optou por sair do cargo para cuidar melhor da saúde. Ele foi teve Covid-19 no último mês e se teve recentemente

Folha Vitória
Foto: Rafael Brozeguini/ Rio Branco
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Depois de se recuperar da Covid-19, o técnico André Visser comunicou na noite desta sexta-feira (09) a saída do Rio Branco. Mesmo após se recuperar do novo coronavírus, o treinador seguiu em Linhares tratando das possíveis sequelas deixadas pelo vírus.

André Visser foi infectado no dia 15 de março, após um surto no elenco que contaminou 12 integrantes do clube Capa Preta entre jogadores e comissão técnica. 

O treinador chegou a ficar internado em um hospital no município de Linhares, onde possui residência. Por meio das redes sociais, o alemão chegou a comunicar que estava com sintomas "muito graves" e pediu para as pessoas levarem a doença a sério.

Há pouco mais de três meses a frente do cargo, Visser vinha conseguindo resultados bastante expressivos com o time. Sob o comando do técnico alemão, o Rio Branco avançou para a segunda fase da Copa do Brasil pela primeira vez ao vencer o Sampaio Corrêa, do Maranhão, por 2 a 1. Além disso, o time está no G4 do Capixabão 2021, que retorna neste final de semana. O Capa Preta enfrenta o Vilavelhense nesta sábado (10), às 15 horas, no Kléber Andrade.

Confira o comunicado do treinador feito por meio das redes sociais.

"Venho por meio deste, comunicar meu desligamento do comando técnico do Rio Branco Atlético Clube. Diante de alguns problemas de saúde, ocasionados pela Covid-19, preferi deixar o clube com o objetivo de focar na minha recuperação.

Fica aqui meu agradecimento a todos do clube que acreditaram no meu trabalho, torcedores pelo apoio, imprensa e sobretudo aos atletas, que foram leais aos nossos conceitos de trabalho.

Em pouco tempo, conseguimos implementar um conceito e um método de trabalho diferenciado, atingindo resultados positivos, principalmente na Copa do Brasil, onde que, de maneira inédita, o clube conquistou a classificação para a Segunda Fase, batendo uma equipe da Série B do futebol Brasileiro.

Não gostaria que minha passagem fosse tão rápida, tinha objetivos maiores à frente do Rio Branco, mas quis o destino interromper. Seguirei meu trabalho visando um novo desafio, e espero que em breve esteja de volta à beira do campo de jogo. Até breve!"

Últimas