Folha Vitória Apenas 10% da população usa fio dental: especialista alerta sobre a importância para a saúde

Apenas 10% da população usa fio dental: especialista alerta sobre a importância para a saúde

Prática diária da higiene bucal e visitas periódicas ao dentista são fundamentais para a prevenção e o tratamento de possíveis doenças bucais

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Estudos apontam que a higiene bucal somente com a escova dental remove apenas 42% do acúmulo de placa ao redor dos dentes. Por isso, são necessárias ferramentas adicionais que complementem à escovação, como o fio dental ou escovas interdentais.

No entanto, outras pesquisas revelam que poucos indivíduos utilizam o fio dental, apenas 10% da população tem o costume de utilizar o fio diariamente. "Apesar da escovação ser um excelente método no que diz respeito à remoção de restos alimentares e placa bacteriana, é importante ressaltar que sua eficácia ocorre apenas nas superfícies livres dos dentes. Sendo assim, para atingir uma higiene bucal adequada, a escovação deve ser complementada pela limpeza interdental. O uso diário do fio dental e de escovas interdentais, garante que a placa bacteriana acumulada entre os dentes seja removida", informa Dra. Brunna Bastos, cirurgiã-dentista. 

Ainda assim, é necessário se atentar ao correto uso do fio dental, "Utilizar o fio de forma correta requer prática, conhecimento e coordenação motora, sobretudo em locais de difícil acesso. Hoje existem disponíveis alternativas ao fio dental tradicional, no qual, o fio dental com haste promove uma limpeza entre os dentes de forma prática e eficaz, facilitando seu uso e promovendo uma boa saúde bucal", diz a dentista. 

A justificativa para considerar a higienização entre os dentes tão importante, se deve ao fato de que doenças periodontais e sistêmicas, como por exemplo, doenças cardiovasculares e a diabetes, estão cada vez mais interligadas aos problemas bucais, assim como uma boa saúde bucal é responsável também por um bem-estar dos indivíduos.

Dessa forma, quanto mais cedo esses novos hábitos forem incorporados ao cotidiano, menores são as chances de se desenvolver doenças como periodontite ou cáries, por exemplo. Para iniciar esse processo de forma prática e natural, manter o fio dental próximo da escova de dente é uma boa maneira de se lembrar que um complementa o outro.

Além disso, Brunna indica outras opções disponíveis capazes de manter a saúde bucal sempre em dia. "Atualmente, existem inúmeros dispositivos no mercado que podem auxiliar esse processo, como os flossers e os soft picks, por exemplo, que são perfeitos para aqueles locais onde a escova não alcança, além de serem mais práticos e fáceis de usar em comparação com o fio".

Por fim, a cirurgiã alerta que a prática diária da higiene bucal e visitas periódicas ao dentista são fundamentais para a prevenção e o tratamento de possíveis doenças bucais.

Últimas