Folha Vitória Apesar de queda no mês de março, cesta básica em Vitória continua a 5ª mais cara do país

Apesar de queda no mês de março, cesta básica em Vitória continua a 5ª mais cara do país

Com a quinta posição no ranking de cestas básicas mais caras do país, Vitória fica atrás apenas de Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo e Florianópolis

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O valor da cesta básica de Vitória registrou uma queda de 2,03% no mês de março, passando de R$ 609,27 em fevereiro, para os atuais R$ 596,91. De acordo com o levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), os produtos que registraram as maiores reduções no preço foram o tomate (32,84%), a banana (2,90%) e o leite (2,48%). 

Em contrapartida, alguns produtos tiveram elevação: a farinha, teve uma alta de 10,14%, seguido por batata (9,42%) e o açúcar (5,62%). Além disso, de acordo com o levantamento, nenhum produto apresentou estabilidade nos preços.

Foto: Divulgação/Dieese
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Em março de 2021 o valor da cesta básica na capital representou 58,66% do salário mínimo líquido em comparação aos 59,88% no mês de janeiro. O trabalhador com rendimento de um salário mínimo necessitou, este mês,  cumprir uma jornada de 119 horas e 23 minutos para adquirir os bens alimentícios básicos. 

Com a quinta posição no ranking de cestas básicas mais caras do país, Vitória fica atrás apenas de Rio de Janeiro,  Porto Alegre, São Paulo e Florianópolis.

Confira as demais capitais brasileiras pesquisadas

Foto: Divulgação/Dieese
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Últimas