Folha Vitória Após 8 lipos e 12 plásticas, antes e depois de influencer choca: "Mais de R$ 300 mil"

Após 8 lipos e 12 plásticas, antes e depois de influencer choca: "Mais de R$ 300 mil"

Jéssica Juliane já fez lipoaspiração oito vezes, trocou o silicone dos seios quatro vezes, colocou próteses de silicone no bumbum duas, fez rinoplastia, cirurgia na orelha, Renuvion e intervenção no abdômen

Folha Vitória
Foto: Divulgação/Reprodução/Arquivo Pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Para a influencer Jéssica Juliane, de 29 anos, não há limite para conquistar o corpo perfeito. Até agora, a gaúcha já desembolsou mais de R$ 300 mil para ter o shape desejado - e contando. 

O dinheiro foi usado para patrocinar 12 cirurgias plásticas e outros vários procedimentos estéticos. Oito das intervenções cirúrgicas consistiram em lipoaspirações das mais variadas modalidades. 

LEIA TAMBÉM: Carol Marchezi, Felipe Araújo e filho posam com camisa sobre autismo: "Conscientizar"

“Comecei colocando silicone nos seios. Eu emagreci muito rápido à época e não estava nada satisfeita com meu corpo, fiquei mais flácida e com a autoestima baixa. Também existia uma certa pressão por ser modelo, as marcas e lojas queriam um shape mais montado. Acabei entrando na onda e não parei mais”, lembra. 

LEIA TAMBÉM: Em vídeo, Silas Malafaia fala sobre Magno Malta com Fontenelle: "É um monstro"

“Quando mostro meu antes e depois as pessoas ficam chocadas. Nem eu me reconheço. Sou total artificial”, brinca, aos risos.

Depois dessa primeira experiência, a lista foi folha abaixo. 

LEIA TAMBÉM: Casal do ES perde R$ 100 mil em assalto a mão armada e fica preso em SP após acidente em Congonhas

Jéssica já fez oito lipos, trocou o silicone dos seios quatro vezes, colocou próteses de silicone no bumbum duas, fez rinoplastia, cirurgia na orelha, se submeteu ao Renuvion e uma intervenção no abdômen. No rosto, mexeu na mandíbula, fez preenchimento labial, harmonização e aplicação de Botox.

LEIA TAMBÉM: Reviravolta? Fontenelle choca ao revelar "filho perdido" de Marcos Paulo: "Herança"

“Não incentivo a cirurgia plástica à toa, incentivo para as mulheres que estão para baixo, infelizes com o espelho. Acho que a tecnologia chega para nos ajudar. Se a mulher não se acha bonita e atraente, por que não recorrer à cirurgia? Acho super saudável. Cuidar da aparência não é pecado”, avalia. 

Últimas