Folha Vitória Após acidente em Vitória, prefeitura diz que irá contratar empresa para manutenção em pontos de ônibus

Após acidente em Vitória, prefeitura diz que irá contratar empresa para manutenção em pontos de ônibus

Duas pessoas ficaram feridas após um abrigo de ônibus cair. A Prefeitura de Vitória lamentou o acidente e disse que já identificou a necessidade de manutenção em vários pontos

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um ponto de ônibus caiu e deixou duas pessoas feridas na Avenida Beira-Mar, em Vitória, na manhã desta quinta-feira (24). O abrigo de ônibus, segundo a prefeitura da Capital, não é o único que enfrenta problemas. Ao todo, 300 devem passar por manutenção ou serem substituídos em breve.

Em nota, a administração municipal lamentou o ocorrido nesta manhã e se solidarizou com as vítimas. A prefeitura informou que a atual gestão já está ciente da necessidade de manutenção nos abrigos de ônibus em vários pontos da cidade, após longos anos sem esse serviço, para garantir a segurança e conforto das pessoas.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

De acordo com a prefeitura, um levantamento para verificar as condições estruturais dos abrigos de ônibus foi realizada em toda a cidade. A partir desta sexta-feira (25), empresas podem enviar propostas para o serviço.  

"Nesta sexta-feira (25), será realizada a abertura das propostas referentes ao edital de licitação, de nº 276/2022, publicado no último dia 9 de novembro, para a contratação de empresa para fornecimento e instalação de 300 novos abrigos, com a substituição de equipamentos", informou.

Ao mesmo tempo que a licitação, a Secretaria da Central de Serviços informou que iniciou a retirada de estruturas antigas que não comportam reparos e manutenção.

Ponto cai e deixa duas pessoas feridas em Vitória

Duas pessoas acabaram ficando feridas por conta do acidente da queda de um ponto de ônibus, na Avenida Beira-Mar, entre elas uma mulher de 44 anos, que, segundo o filho, identificado como Leonardo Honório, tinha acabado de sair de um exame de endoscopia feito no Hospital Estadual de Urgência e Emergência.

"Foi um susto muito grande. Ainda estou muito nervoso. A estrutura caiu em cima dela. Não sei se ela está com a perna quebrada, qual foi a gravidade da lesão. O setor de ortopedia do Hospital São Lucas está tratando dessa questão", disse.

De acordo com a Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Espírito Santo (Ceturb-ES), a responsabilidade da manutenção dos abrigos de ônibus são das prefeituras.

Últimas