Folha Vitória Após closet truck, loja de Vila Velha faz sucesso com “luxo molhado” e moda casual

Após closet truck, loja de Vila Velha faz sucesso com “luxo molhado” e moda casual

Lu Ferraz inaugurou boutique há um mês, mas já trabalha no mercado há 10 anos. Um dos diferenciais em que a empresária aposta é investir nas tendências que surgem em São Paulo e outros polos do Brasil

Folha Vitória
Foto: Pedro Permuy
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Há 10 anos, Lu Ferraz decidiu que também queria trabalhar com moda. Da área da saúde do Estado, a empresária começou vendendo marcas variadas e "modinha" e, aos poucos, conquistou clientela. 

Algum tempo depois, inovou com um closet truck (sim, um guarda-roupa sobre rodas) e saía por aí vendendo a bordo de um carro que mais servia como um baú fashion. Que a ideia movimentou a cidade não precisa nem dizer, mas agora a história ganha um novo (e importante!) capítulo: há cerca de um mês, ela inaugurou sua loja física em point privilegiado da Praia da Costa, em Vila Velha. E é justamente pela inovação que a boutique da empresária é tão procurada.

É que Lu quer colocar o Espírito Santo na rota nacional da moda. Para isso, viaja até São Paulo em média uma vez por mês para colher novidades e trazer ao Espírito Santo o que é tendência por lá e em outros polos do Brasil. Recentemente, por exemplo, foi a primeira a trazer o "luxo molhado" para as capixabas. 

LEIA TAMBÉM: Harmonização? Após show no ES, rosto de cantora Rosana gera polêmica na TV: "Irreconhecível"

"Vou sempre (a São Paulo) para me atualizar. Vejo o que está bombando e trago. A moda chega lá primeiro, no Brasil, então sempre tem novidade. Agora, por exemplo, eu já tenho o 'luxo molhado', que é uma tendência muito forte para a próxima estação. É um tipo de tecido especial que se assemelha ao brilho de um lurex, mas tem um caimento completamente diferente. É macio, tem um toque de seda e compõe peças que são muito versáteis para looks do dia a dia ou mais arrumados", indica, em bate-papo com a Coluna Pedro Permuy

LEIA TAMBÉM: 11 anos após Leblon, Caetano Veloso estaciona em Vitória e show bomba

Foto: Pedro Permuy
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Com essa expertise toda, Lu oferece opções de moda casual, social soft e festa, além de trabalhar com encomendas de peças exclusivas. Na loja também estão desde as roupas até acessórios, bolsas, sapatos e outros itens de vestuário. "A pessoa pode sair pronta. Temos várias clientes que vêm até aqui algumas horas antes do evento, se vestem e oferecemos opções da cabeça aos pés para dar esse conforto", completa. 

Além das clientes cativas, a loja também virou chamariz da vizinhança, que se encanta com a variedade e os preços acessíveis (as peças mais caras, vestidos mais arrumados ou itens específicos de alguma marca, variam em um tíquete médio de R$ 350). "A gente vira amiga (das clientes) por causa desse contato próximo e é ótimo, muito gratificante", corrobora. 

LEIA TAMBÉM: Escola de balé que tem rainha Elizabeth II como patrona abre em Vitória

Segundo ela, "a moda está em uma fase muito boa". 

"Todo mundo quer se arrumar de novo, depois desse período que ficamos mais em casa. E acho que nossa versatilidade é um diferencial que tem atraído muita gente, pelo fato de termos até sutiã! Temos chapéus, as roupas, sapatos, os acessórios... E tudo a um preço justo, que é algo que o consumidor também valoriza muito", considera. 

LEIA TAMBÉM: 1ª capixaba Miss Brasil, Débora Lyra se casa com cantor sertanejo Gabriel Gava. Veja fotos!

Com o estoque de hoje, Lu atende desde adolescentes até senhoras. "Temos a moda casual, social, festa e a 'modinha' (mais popular) que tem que ter sempre como opção. Como multimarca, temos marcas fixas e outras flutuantes até para as clientes irem conhecendo outras marcas novas e que investem em novidade", conclui. 

Foto: Pedro Permuy
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Últimas