Folha Vitória Armas e munições apreendidas e 217 suspeitos detidos na 4ª fase da Operação Sentinela

Armas e munições apreendidas e 217 suspeitos detidos na 4ª fase da Operação Sentinela

Segundo o Comandante Geral da Polícia Militar, as operações têm reduzido o número da violência no Espírito Santo

Folha Vitória
Foto: Divulgação/ Polícia Militar
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Com apoio do Ministério Público Estadual, a Polícia Militar conseguiu cumprir 268 mandados de prisão e busca e apreensão ao longo do mês de julho. Durante a ação, 217 pessoas foram detidas, além de 47 armas e 1.085 munições. 

Somente nesta sexta-feira (31), 38 pessoas foram detidas na quarta fase da Operação Sentinela. De acordo com o Comandante Geral da Polícia Militar, Douglas Caus, o trabalho da policia é dividido em operações distintas para ter um melhor resultado. Segundo ele, as operações têm reduzido o número da violência no Espírito Santo. 

"Ao longo do mês, a inteligência da Polícia Militar, ao detectar as áreas de maior incidência de tráfico, roubos e homicídios, vai fazendo levantamentos. De posse do relatório, em parceria com o Ministério Publico, conseguimos os mandados de busca e apreensão", explica. 

Ao longo do mês de junho, durante a terceira fase da operação, sete armas de fogo e cerca de 400 munições foram apreendidas. A Polícia Militar também encontrou quase R$ 300 mil em dinheiro com um dos suspeitos detidos. De acordo com a polícia, ele teria ligação com o tráfico de drogas da capital. 

A quinta fase da operação já tem data para acontecer e, segundo Caus, vai continuar em todo o estado. "No dia 01 de agosto, vamos iniciar a quinta fase. O foco é diminuir os homicídios e o combate do tráfico de armas e drogas", ressalta. 

*Com informações da repórter da TV Vitória/ Record TV, Bianca Vailant. 

Últimas