Folha Vitória Associação sugere espaços cercados para pequenos grupos em eventos no ES

Associação sugere espaços cercados para pequenos grupos em eventos no ES

Proposta foi apresentada pela Abrape ao governo do Estado, durante reunião realizada nesta quinta-feira, e será avaliada pela Sala de Situação nesta sexta

Folha Vitória
Foto: Virgin Money Unity Arena / David Wala
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após o Governo do Espírito Santo prorrogar até 31 de dezembro a proibição para boates e casas de shows abrirem as portas para o público, representantes do setor estiveram reunidos com membros do governo estadual, nesta quinta-feira (3), para apresentarem uma proposta com medidas de proteção, para que eventos possam voltar a ser realizados no estado.

Entre as medidas sugeridas pela Associação Brasileira dos Produtores de Eventos (Abrape) está a organização da plateia em um formato conhecido como "lounge", que são pequenos espaços cercados e que mantêm um certo distanciamento entre eles. Tal formato já tem sido adotado por organizações de shows em alguns países, como a Inglaterra, por exemplo.

A ideia é que esses lounges sejam ocupados por pequenos grupos, formados apenas pelas pessoas que chegaram juntas ao evento, justamente para evitar a interação entre muitas pessoas. Cada um dos espaços abrigam de quatro a cinco pessoas e ficam longe dos demais espectadores.

Pela proposta da Abrape, o Corpo de Bombeiros deve avaliar e emitir um alvará, limitando a capacidade de público. Além disso, os espaços devem ser com ventilação natural, cercados e isolados.

>> Associação diz que decisão de manter fechadas boates e casas de shows no ES é incoerente

>> Após meses com restrições, empresários do setor avaliam novos formatos para eventos no Espírito Santo

A proposta de protocolo prevê ainda a proibição da entrada nos locais dos eventos para pessoas com mais de 60 anos, além do espaçamento entre mesas, aferição de temperatura e proibição de pistas de dança, entre outras medidas. A associação também sugere que os protocolos sejam aplicados nos municípios classificados no risco baixo e moderado para a covid-19, conforme o Mapa de Risco elaborado pelo governo do Estado.

O governo estadual informou que a Sala de Situação fará uma reunião nesta sexta-feira (4) para estudar as propostas apresentadas pela Abrape.

Últimas