Folha Vitória Ator Eduardo Galvão estava com medo e ligou para amigos antes de morrer

Ator Eduardo Galvão estava com medo e ligou para amigos antes de morrer

O ator que morreu na segunda-feira (7), após complicações por conta do coronavírus tinha muitos planos para o futuro quanto aos amigos

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Durante a quarentena, o ator Eduardo Galvão, de 58 anos, manteve o contato com os amigos de longa data. Ele ligava, mandava mensagens e não esquecia de nenhum deles. Sempre retornava uma chamada, procurava, perguntava como estavam, se precisavam de algo, e esteve sempre muito ativo nas redes sociais.

Quando contou aos mais próximos que estava com coronavírus, ouviu com unanimidade que 'sairia dessa' logo. Porém, amigos relataram que o ator estava com 'medo' dos sintomas piorarem e ligou para eles pedindo para que não saíssem de casa e se cuidassem, pois o vírus havia voltado com tudo. Disse que estava com medo de morrer, e estava preocupado com todos.

Eduardo Galvão, que morreu na segunda-feira (7), após complicações por conta do coronavírus tinha muitos planos para o futuro quanto aos amigos. 

O ator havia se tornado avô recentemente e estava curtindo a netinha. De acordo com pessoas próximas a ele, o ator tinha convites para uma peça nova de teatro, novela, estava combinando uma viagem para julho do ano que vem e tinha prometido voltar a jogar o futebol semanal com os amigos assim que a pandemia passasse. Amante do Carnaval, o ator também estava animado para voltar à Sapucaí mesmo que fosse em um Carnaval fora de época.

O ator deixou projetos, convites e muita saudade.

*Com informações do Portal R7

Últimas