Folha Vitória Áudios revelam ameaças de homem contra ex-mulher; suspeito foi preso em Vila Velha

Áudios revelam ameaças de homem contra ex-mulher; suspeito foi preso em Vila Velha

A mulher, que está grávida, contou que precisou mudar de endereço 4 vezes, para tentar fugir do ex-marido e que agora vive praticamente isolada

Folha Vitória
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

"Você acha que eu tenho pena que você tá grávida, que você tá com 'nenenzinho' na barriga? Você tá enganada!". Essa e outras frases chocantes foram ditas a uma mulher capixaba, vítima de um relacionamento abusivo. O acusado de enviar os áudios, o ex-companheiro dela, de 46 anos, foi preso em Vila Velha na segunda-feira (31).

Contra ele havia um mandado de prisão por descumprimento de medida protetiva de urgência e após diversas ameaças a polícia conseguiu chegar até ele. 

O suspeito mandava inúmeros áudios para a ex com ameaças contra ela, a mãe dela e outros familiares. As gravações são impressionantes. O homem diz que vai matar a ex e diz que vai usar a família da vítima para chegar até ela. Muito agressivo, ele chega a citar a ex-sogra e continua com as ameaças. 

Confira os áudios:

A vítima está grávida de 9 meses e viveu por 8 anos com o ex-marido. Segundo ela, os três primeiros anos transcorreram sem problemas, mas quando ela começou a se destacar na profissão como cabeleireira, tudo se tornou um pesadelo.

Ela lembra que por muitas vezes foi agredida pelo então companheiro. Num desses casos de violência, o homem teria usado um facão. "Ele já me agrediu com golpes de facão, de madrugada, na frente da minha filha. Já me agrediu na frente de clientes minhas e até com uma barra de ferro na cabeça, quando levei cinco pontos. Fora as agressões verbais, que são extremamente pesadas. Ele nunca me respeitou como mulher", relatou a vítima.

Em julho do ano passado ela resolveu colocar fim no relacionamento. Porém, mesmo após mais de um ano separada, o medo continuou. "O meu maior medo é virar estatística, é ser mais uma mulher morta, que apanha e que ninguém faz nada", lamentou a vítima.

Após os casos de violência, a vítima conseguiu uma medida protetiva, mas segundo ela, o ex-marido sempre descumpria. Em fevereiro de 2020 a Justiça concedeu outra medida e um pedido de prisão contra o suspeito, que saiu no início de agosto.

A mulher contou que mudou de endereço 4 vezes, para tentar fugir do ex-marido e que agora vive praticamente isolada. "Vivo trancada dentro de casa, adquiri síndrome do pânico, não consigo ir no supermercado, não consigo ir na feira... não consigo fazer nada. Minha vida é um inferno", relatou.

O setor de inteligência da Guarda Municipal de Vila Velha estava desde a semana passada atrás do suspeito e, após receber uma notificação da Delegacia Especializada da Mulher, com informações do paradeiro dele, o homem foi localizado.

Durante a abordagem o suspeito teria contado outra versão para os agentes. Ele disse que não era procurado pela polícia e informou que tinha um problema com a ex-esposa, mas que já estava tudo resolvido. E que ele ia atrás da mulher por conta da filha. Porém, na delegacia, ele confessou que já agrediu e ameaçava a ex companheira.

Ele foi encaminhado para para a Delegacia Especializada da Mulher de Vitória para ser ouvido e a reportagem não conseguiu contato com a defesa dele.

* Com informações do repórter Waslley Leite, da TV Vitória / Record TV

Últimas