Folha Vitória Bandeirante, compositor de 'Fuscão Preto', morre vítima da covid-19

Bandeirante, compositor de 'Fuscão Preto', morre vítima da covid-19

Gilberto Felício da Silveira, mais conhecido como Bandeirante, não resistiu às complicações da doença

Folha Vitória
Foto: Divulgação / Facebook
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O cantor e locutor Gilberto Felício da Silveira, mais conhecido como Bandeirante, morreu aos 63 anos, na quinta-feira (22), após complicações causadas pela covid-19. A informação foi confirmada por familiares nas redes sociais.

"Com o coração partido e com profunda tristeza, sentiremos muito a sua falta, meu cunhado Gilberto (Bandeirante), você agora é locutor lá no céu, descansa em paz, nos braços do pai celestial", escreveu a cunhada, Maria Estela.

Ao longo da carreira, Bandeirante teve 12 discos lançados. O primeiro LP é de 1979, quando se juntou ao lado de Zé Batista e Darlon, formando o Trio Wandeirante para lançar a música Fuscão Preto. A canção depois foi regravada por outros artistas, fazendo grande sucesso com o Trio Parada Dura.

Bandeirante também dividiu os palcos com grandes nomes da música sertaneja. Participou de diversos programas de televisão. No rádio, trabalhou em emissoras Rádio Difusora de Pouso Alegre, Rádio Viva de Cambuí e Rádio Clube de Pouso Alegre.

*Com informações do Portal R7

Últimas