Folha Vitória Bombeiros do ES recebem, em média, cerca de 80 trotes por dia

Bombeiros do ES recebem, em média, cerca de 80 trotes por dia

Dois carros da corporação foram até um prédio de Jardim da Penha, em Vitória, na tarde desta quinta-feira (23), para atender uma ocorrência de explosão de gás. Ao chegar no local, os bombeiros descobriram que se tratava de um trote

Folha Vitória
Foto: Reprodução Google Street View
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Em média, cerca de 80 trotes são passados por dia ao Corpo de Bombeiros do Espírito Santo. Somente neste ano, mais de 20 mil ocorrências de informações falsas foram registradas pela corporação. 

Na tarde desta quinta-feira (23), o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender uma ocorrência no bairro Jardim da Penha, em Vitória. Segundo as informações, uma mulher teria ficado ferida, após uma explosão de gás quando preparava o café. 

Dois carros dos bombeiros foram ao local e, para surpresa das equipes, tratava-se de um trote. Essa é a segunda vez que os bombeiros recebem falsas ocorrências na mesma rua do bairro. 

De acordo com dados da corporação, de janeiro a setembro deste ano 20.238 trotes foram registrados no Espírito Santo. Nas redes sociais, o tenente-coronel Carlos Wagner lembrou que os trotes prejudicam o atendimento de vítimas que realmente precisam de ajuda.

"Você que é pai, mãe, educador ou educadora, oriente principalmente as crianças e os jovens para que não passem trotes ao Corpo de Bombeiros. Entanto essas situações ocorrem, outras pessoas podem estar necessitando de atendimento e de socorro em outra parte da cidade", frisou.

A pessoa que passa trote pode responder por falsa comunicação de crime, com base no artigo 340 do Código Penal. A pena é detenção de seis meses ou multa.

*Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.

LEIA TAMBÉM:

>> Dois anos após incêndio, loja de couros e prédio na Vila Rubim não foram recuperados

>> Incêndio após explosão em transformador provoca falta de energia em Itapuã

Últimas