Folha Vitória Briga de casal durante o Réveillon vira caso de polícia em Cariacica

Briga de casal durante o Réveillon vira caso de polícia em Cariacica

Testemunhas contaram que a esposa deu início às agressões e que tudo aconteceu na frente das três filhas do casal

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O que deveria ser um momento de descontração e alegria se tornou de raiva e medo. Uma discussão entre um casal no bairro Nova Rosa da Penha 1, em Cariacica, na última sexta-feira (1), se transformou em caso de polícia. De acordo com testemunhas, a confusão aconteceu dentro de casa, na frente das filhas do casal e terminou na rua.

Um jovem, que é sobrinho do casal, preferiu não se identificar, mas contou que a discussão teve início quando a tia dele, uma mulher de 25 anos, começou a bater no marido, de 31. O motivo teria sido uma ligação que o rapaz estava fazendo.

"Fizemos a festa de ano novo, convidamos ela para participar com a gente e deixamos de convidar nosso tio pelo fato deles estarem sempre nessa 'cachorrada' e o tempo todo arrumando alguma confusão. Pouco depois de 00h ela começou a chamar ele para vir para cá. Então, automaticamente, foi ela quem chamou ele, pois até então ele não era nosso convidado"

O jovem ainda contou que, quando o tio dele chegou no local da festa, o casal deu início a uma nova confusão. A esposa teria dado um soco na boca do marido, mas ele não deu continuidade à briga.

As agressões por parte do marido começaram na manhã de sexta-feira, após a esposa o agredir devido à ligação. O jovem também disse que a mulher queria pegar faca e até pedras para jogar contra o companheiro. 

Durante a confusão do casal, os familiares acionaram a Polícia Militar e, quando os policiais chegaram no local da ocorrência, encontraram a mulher bastante machucada. Ela disse que discutiu com o marido na noite anterior e que teriam feito as pazes, mas começaram outra briga na manhã de sexta-feira, que resultou nos socos e chutes por parte do companheiro.

A mulher foi encaminhada para uma unidade de saúde do bairro, onde recebeu atendimento médico e depois foi para a delegacia, onde denunciou o marido.

De acordo com as informações da polícia, o homem ainda não foi encontrado depois da confusão. A equipe de jornalismo da TV Vitória tentou entrar em contato com a mulher, mas ela não atendeu às ligações. 

Após o ocorrido, o sobrinho do casal lamenta a situação de ter que começar o ano desta maneira. "O ano novo, uma vida nova e já começamos assim. Então, para mim, isso foi uma falta de respeito não só com a gente, mas com ela mesma.

* Com informações da repórter Jéssica Cardoso, da TV Vitória/Record TV.

Últimas