Folha Vitória Caiu de novo? Usuários voltam a relatar problemas no Whatsapp, Instagram e Facebook

Caiu de novo? Usuários voltam a relatar problemas no Whatsapp, Instagram e Facebook

Segundo dados do site DownDetector, os relatos de instabilidade nos aplicativos começaram por volta das 16h desta sexta-feira (08)

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os usuários do Whatsapp, Instagram e Facebook voltaram a relatar instabilidades nas plataformas na tarde desta sexta-feira (08). No inicio da semana, os aplicativos apresentaram problemas e ficaram mais de seis horas fora do ar. 

No site DownDetector, que reúne relatos de falha em aplicativos e redes sociais, os problemas nos três serviços começaram a ser relatados por volta das 16h.

LEIA TAMBÉM: WhatsApp caiu? Veja outros aplicativos de mensagens gratuitos

Entre os problemas descritos pelos usuários no site estão a dificuldade para enviar mensagens pelo Whatsapp, o não carregamento de postagens e a instabilidade no aplicativo móvel do Instagram e as falhas de conexão no Facebook.

A instabilidade parece, mais uma vez, ter afetado usuários de todo o mundo. Segundo a companhia, a pane global da última segunda-feira (04) foi causada por erro interno durante um "trabalho de manutenção de rotina" e não foram encontradas evidências de que dados de usuários foram comprometidos.

Em nota, a empresa de Zuckerberg informou que as alterações de configuração mudaram a forma com que os centros de processamento de dados da rede se comunicavam, o que causou um "efeito cascata" capaz de derrubar o Facebook, o WhatsApp e o Instagram. Segundo a empresa, o apagão também afetou os serviços internos, o que dificultou o diagnóstico.

"Durante um trabalho de manutenção de rotina, um comando foi emitido com a intenção de avaliar a disponibilidade da capacidade global de backbone, que involuntariamente derrubou todas as conexões em nossa rede", afirmou Santosh Janardhan, vice-presidente de engenharia e infraestrutura do Facebook, no início da semana.

Durante o problema, Mark Zuckerberg, dono do grupo, teve uma perda estimada de US$ 5,9 bilhões em sua fortuna pessoal.

A queda ocorre numa onda de retração das ações de empresas de tecnologia, mas a rede de Zuckerberg ficou abaixo do patamar das concorrentes, que viram reduções no valor dos papeis de 2,8%.

Usuários apontaram no Twitter a queda da plataforma e não deixaram de comentar sobre a nova instabilidade desta sexta-feira:

Últimas