Folha Vitória Cantora Ludmilla deleta as redes sociais após ataques racistas na internet por causa de vídeo clipe

Cantora Ludmilla deleta as redes sociais após ataques racistas na internet por causa de vídeo clipe

A equipe da cantora ressaltou que todas as postagens de cunho racista e homofóbicas estão sendo documentadas para encaminhamento à justiça

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Na sexta-feira (18), a cantora Ludmilla lançou o videoclipe para o single 'I Love You Too com Orochi', e acabou sendo vítima de ataques racistas na internet. Por este motivo, a cantora desativou as contas oficiais do Twitter e Instagram.

A esposa e dançarina de Ludmilla, Brunna Gonçalves, juntamente com os fãs da cantora levaram a hashtag "Estamos com você Ludmilla" aos Treding Topics do Twitter.

O colunista Léo Dias entrou em contato com a equipe de Ludmilla e eles confirmaram que a cantora foi alvo do crime de racismo e emitiu a seguinte nota.

“Confirmamos que na noite da sexta (18/12), a cantora Ludmilla desativou todas as suas redes sociais. Durante o dia, a cantora já havia reclamado com sua equipe sobre os ataques racistas que vinha sofrendo chegando até a responder alguns tweets que diziam que ela responderia caso “jogassem casca de banana” entre outros insultos racistas e misóginos. Tais ataques vêm ocorrendo ao longo da carreira de Ludmilla que, como é sabido, vem se posicionando não só contra crimes de raça, mas também de gênero. Ressaltamos que, ao contrário de qualquer especulação, tal ato não faz parte de nenhuma estratégia de marketing e é simplesmente uma consequência de seu cansaço diante do ódio destilado nas redes sociais. Informamos ainda que todas as postagens de cunho racista e homofóbicas estão sendo documentadas para encaminhamento à justiça. Por ora, aguardamos o desejo de Ludmilla de voltar às suas redes sociais. Sendo assim, não temos mais nada a declarar”.

Últimas