Folha Vitória Capixaba Fernanda Mazzelli busca o título do Mundial de jiu-jitsu sem quimono em outubro

Capixaba Fernanda Mazzelli busca o título do Mundial de jiu-jitsu sem quimono em outubro

Faixa-preta se prepara para disputar principais competições deste ano na arte-suave

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A lutadora capixaba Fernanda Mazzelli já anotou o seu nome no hall de maiores atletas da história do Jiu-Jitsu. Primeira mulher a conquistar o título mundial da Internacional Brazilian Jiu-jitsu Federation (IBJJF) em três categorias diferentes com kimono, a lutadora capixaba agora foca em mais uma conquista na competição sem quimono, também conhecida como No-Gi.

Mazzelli irá disputar na cidade de Garland, Texas, em outubro o Campeonato Mundial sem quimono, e em novembro desembarca em Las Vegas, Nevada, para ir em busca do primeiro título do Campeonato Mundial Master.

"Estou bem ansiosa para disputar essas duas competições. No Campeonato Mundial No Gi vou disputar com uma menina que está em primeiro lugar no Ranking Mundial, da Gracie Barra, e está na minha categoria, então vai ser pauleira. Será um grande desafio, mas estou pronta para buscar esses dois títulos até o último minuto", declarou Fernanda, ao falar sobre a expectativa para ambos os torneios.

Dona de inúmeros títulos mundiais, Fernanda ainda soma no currículo seis conquistas do Campeonato Brasileiro, apenas na faixa-preta. Considerando todas as faixas são 12 conquistas ao todo. Campeã do Sul-Americano no-gi e terceira colocada com kimono, a lutadora ainda venceu uma superluta contra Sàbatha Lais no Big Deal Pro, que aconteceu em julho deste ano. Competindo em alto nível, a lutadora quer marcar história mais uma vez nos torneios que tem pela frente:

"Como o Master será o primeiro mundial que vou disputar, quero fazer história e ganhar categoria e absoluto. Tem muitas meninas boas, que já foram campeãs, então não terei vida fácil", declarou Mazzelli ao falar sobre o desejo de vencer o Mundial Master pela primeira vez.

Representante da Striker JJ, Fernanda Mazzelli é uma das atletas a ser batida no circuito mundial há muitos anos. Atualmente a lutadora que possui melhores resultados com kimono, é a quarta colocada no “Ranking da IBJJF” que classifica os melhores lutadores de Jiu-Jitsu do mundo. Se preparado para embarcar para os México, onde terá que fazer uma quarentena para ir para os Estados Unidos, a lutadora não vê a hora de voltar a competir internacionalmente:

"Estarei passando alguns dias no México com a Maria Eduarda, e depois vamos embarcar para o Texas. O foco é treinar bastante nessas semanas que faltam, não deixar o ritmo cair. Estamos muito animadas para ir conhecer um novo país, já tem inclusive uma academia para treinar, estou muito feliz e confiante", finalizou Mazzelli, que assim como sua pupila Maria Eduarda estão sendo apoiadas pela SESPORT, através do programa COMPETE ES.

No México, a faixa-preta vai treinar com Itzel Bazúa Aguilar, grande nome do Jiu-Jitsu no país latino como faixa-roxa na academia Zenith México. Além da vida nos tatames como atleta, Fernanda ainda ajuda a comandar um projeto social na cidade de Guarapari. O Projeto ALAMG ajuda crianças e adolescentes carentes na cidade natal de Mazzeli através do ensino dos princípios da arte suave.

Últimas