Folha Vitória Cariocão 2021: Fla-Flu começa a decidir estadual neste sábado na tela da TV Vitória

Cariocão 2021: Fla-Flu começa a decidir estadual neste sábado na tela da TV Vitória

Enquanto o rubro-negro tenta o tricampeonato estadual, o tricolor das Laranjeiras quer acabar com o jejum de nove anos sem erguer a taça

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Falta pouco para o início da decisão do Cariocão 2021! Na noite deste sábado (15), a partir das 21h05, o Flamengo e Fluminense ficam frente a frente pelo Fla-Flu 432, válido pela primeira partida da grande final do campeonato estadual da temporada. O clássico será transmitido na tela da TV Vitória/Record TV.

Este será o segundo jogo entre eles nesta temporada, na primeira oportunidade, com ambas as equipes com times alternativos, o Fluminense venceu por 1 a 0 gol de Igor Julião, pela primeira fase do Cariocão. A partida também marcou a estreia do técnico Roger Machado frente à equipe.

No entanto, para esta decisão os clubes buscam o título por razões distintas. Enquanto o rubro-negro tenta conquistar o tricampeonato estadual, o quinto na sua história, e estabelecer uma hegemonia no Estado, o tricolor das Laranjeiras quer acabar com o jejum de nove anos sem erguer o Cariocão e provar que pode continuar a surpreender na temporada.

O Fluminense é o mandante da partida de ida, neste sábado, e o Flamengo será o anfitrião do jogo de volta, daqui a uma semana. Os dois confrontos serão disputados no Maracanã. Se houver dois empates, o título será definido nas cobranças de pênalti.

Os rivais fizeram as duas melhores campanhas da primeira fase do torneio, com o time de Rogério Ceni em primeiro e o de Roger Machado, em segundo. Nas semifinais, a equipe rubro-negra passou fácil pelo Volta Redonda, com duas vitórias tranquilas (3 a 0 e 4 a 1), enquanto que o tricolor avançou à final depois de eliminar a Portuguesa (1 x 1 e 3 a 1).

As equipes, aliás, fazem a final do Carioca pelo segundo ano consecutivo. Em 2020, o time rubro-negro, ainda sob o comando do português Jorge Jesus, levou a melhor e ficou com o título. Agora, a missão é buscar a terceira conquista consecutiva do Estadual.

Se for campeão, o Flamengo, maior campeão estadual com 36 taças, abrirá seis títulos de vantagem para o segundo com mais troféus, que é justamente o Fluminense (31).

Em campo, como disputam no meio de semana mais um jogo da fase de grupos da Libertadores e, embora estejam em boa condição em suas chaves, não garantiram a classificação ao mata-mata, os dois times devem ter alguns titulares preservados. É provável que tanto Ceni como Roger deem descanso para alguns de seus atletas mais desgastados.

Para o Flamengo, há notícias boas. Rodrigo Caio e Gerson, desfalques nos últimos jogos, participaram normalmente das atividades que antecederam ao clássico e estão à disposição de Ceni, que, porém, não confirmou se os escalará. Da formação tida como ideal, apenas Diego Alves, como uma fibrose na coxa, segue como baixa. Renê e Michael, que não são titulares, mas jogam com frequência, seguem no departamento médico sem prazo para retornar.

Do outro lado, desfalque certo é Hudson, que sofreu ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito no início do mês e passou por cirurgia. O jovem atacante John Kennedy cumpriu isolamento de duas semanas por covid-19, mas, como desenvolveu sintomas um pouco mais fortes da doença em relação a outros atletas que foram infectados, deve continuar fora para readquirir a forma física ideal. Se quiser poupar alguns atletas, Roger tem boas opções para usar, como Cazares, Caio Paulista e Abel Hernandez.

"Eu tenho um grupo forte, que sempre que foi chamado para entrar na arena correspondeu bem. Desde lá dos meninos no início do Estadual, com um grupo diferente pelo recesso de 10 dias dos demais. Hoje não me preocupa em nada os que vão para campo porque estamos sempre bem servidos", falou o técnico do Fluminense.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas