Folha Vitória Casal assassinado em Santa Leopoldina estava junto há mais de 20 anos

Casal assassinado em Santa Leopoldina estava junto há mais de 20 anos

Marinelva e D'Ali Atash se conheceram pela internet e marcaram o primeiro encontro nos Estados Unidos; o assassinato segue sendo investigado pela Polícia

Folha Vitória
Foto: Facebook
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A advogada Marinelva Venturim Atash e o marido D'Ali Atash, que foram assassinados a tiros neste domingo (18), em Santa Leopoldina, se conheceram, há mais de 20 anos, pela internet. O primeiro encontro foi nos Estados Unidos e logo após se casar com Marinelva, D'Ali, que era iraniano e amava viajar pelo mundo, decidiu morar no Brasil. 

O ex-funcionário José Garcia disse que Marinelva sempre contava para eles como tinha conhecido o marido. "Ela foi trabalhar nos Estados Unidos e acabou trabalhando com ele, vieram embora juntos e se casaram", relatou o ex-funcionário. 

Leia mais: Advogada e marido são assassinados a tiros em sítio do casal na Região Serrana do ES

Amigos do casal conversaram com a equipe da TV Vitória/Record TV e contaram que o sítio do casal era conhecido na região pelas belezas naturais. Segundo familiares, cada detalhe foi escolhido pelo estrangeiro, que usava a criatividade da profissão no dia a dia, já que Atash era estilista.

"O senhor Atash toda vida foi um cara de construção. Ele modificava o que não estava bom, fazia de novo e gostava muito de jardinagem. Se ele tivesse fazendo uma construção, ele estava feliz", completou José Garcia.

Uma amiga, que não quis de identificar, contou que nesta terça-feira (20), Marinelva iria tomar a vacina contra a covid-19.  

"Ela estava muito feliz e com muitos planos. Já programava até a comemoração do aniversário, que seria no próximo domingo (25). Muito triste tudo isso", finalizou. 

A Polícia Militar informou que após ser acionada, na tarde deste domingo, uma equipe foi até Colina Verde verificar a informação de que proprietários de um sítio tinha sido baleados. No local, a equipe encontrou o casal caído em uma estrada dentro da residência. O Samu foi acionado e constatou a morte das vítimas. Buscas foram realizadas, mas nenhum suspeito de cometer o crime foi detido.

A Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia de Santa Leopoldina e que outras informações não serão repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada.

*Com informações da repórter Suellen Araújo da TV Vitória / Record TV 

Últimas