Folha Vitória Casal é preso após furtar sítio de prefeito de Rio Bananal

Casal é preso após furtar sítio de prefeito de Rio Bananal

Dupla havia sido contratada para trabalhar no local e com eles foram encontrados uma botija de gás e uma motosserra

Foto: Prefeitura de Rio Bananal/divulgação  Prefeito Edimilson Santos Eliziário, de Rio Bananal, teve objetos de seu sítio levado por antigos funcionários

Um casal foi preso na manhã desta segunda-feira (18), suspeito de furtar o sítio de Edimilson Santos Eliziário (MDB), de 61 anos, prefeito de Rio Bananal, no Norte do Espírito Santo.

Segundo a Polícia Militar, uma viatura foi acionada com a informação de que um furto estava em andamento na localidade de Cachoeira do Ataíde, na zona rural do município.

No boletim de ocorrência, os policiais militares relataram que o prefeito informou que um de seus funcionários o avisou de que sua casa havia sido furtada e que o casal suspeito havia deixado o local a pé, levando um botijão de gás e uma motosserra. 

Eliziário contou ainda que, na última semana, contratou um casal para a colheita de café, e que o casal trabalhou apenas por algumas horas e deixou a propriedade. Segundo o chefe do Executivo do município, após a dupla ir embora, os demais funcionários deram falta de botijões de gás, aves da propriedade e produtos da geladeira. Diante disso, o prefeito pediu que eles ficassem atentos para a possibilidade do casal retornar.

LEIA TAMBÉM: Ex-secretário acusado de participação em fraude fiscal milionária no ES deixa a prisão

Na manhã desta segunda, o casal retornou e foram vistos entrando na casa do sítio e furtando alguns objetos. A Polícia Militar encontrou os suspeitos a um quilômetro do local do furto e com eles estavam um botijão de gás e uma motosserra. 

Eles confessaram que haviam tirado da casa do prefeito. Diante da confissão, eles foram presos e encaminhados à Delegacia Regional de Linhares.

A reportagem do Folha Vitória tentou contato com o prefeito para mais detalhes mas as ligações não foram atendidas.

Últimas