Folha Vitória Casal que perdeu tudo após incêndio em Cariacica pede ajuda para recomeçar

Casal que perdeu tudo após incêndio em Cariacica pede ajuda para recomeçar

Incêndio aconteceu na última quarta-feira no bairro Novo Horizonte

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O casal que perdeu tudo em um incêndio no bairro Novo Horizonte, em Cariacica, está contanto com ajudas e doações para recomeçar. Após o incidente, os dois ficaram apenas com a roupa do corpo.

Tristeza e frustração são os sentimentos que tomaram conta da vida dos comerciantes Samuel Neves Moraes, de 54 anos e Evaneide Araújo dos Santos, de 50 anos. O casal viu o lar construído com o suor de uma vida inteira virar cinzas.

O incêndio aconteceu na noite da última quarta-feira (07). Os dois estavam no bar, de propriedade deles, que fica localizado em outro bairro da região. Eles ficaram souberam do incidente por um vizinho que ligou avisando. Quando Samuel e Evaneide chegaram em casa, já não era possível conter as chamas.

"Queimou guarda roupa, queimou a cama, a geladeira, o tanque, a máquina de lavar, o freezer, o fogão, as roupas de cama e as vasilhas. Não sobrou nada", contou Evaneide.

Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

No andar de baixo da residência, vivem a mãe de Samuel, a irmã dele e a sobrinha de 9 anos. Foi a criança que percebeu as chamas. A irmã do comerciante, Vanusa Neves Moraes, contou que chegou a pedir socorro aos outros moradores da rua.

"Chamei no portão de todo mundo, chamei meu irmão que estava em cima. Ele subiu no telhado para entrar na casa, porque estava pegando fogo, para tirar as botijas de gás, senão ia explodir tudo e seria muito pior", disse a irmã do comerciante.

Luciano Neves Moraes é irmão de Samuel. Ele disse que não pensou duas vezes antes de agir. Enquanto retirava as botijas, o homem se feriu e sofreu queimaduras nos braços e nas costas. 

"Eu estava sem camisa. Do jeito que eu saí, eu fui ver e estava pegando fogo. Só pensei em agir. Vi a botija lá, o fogo já estava quase chegando perto. Eu só pensei em tirar. O fogo já estava quase vindo em cima de mim, mas consegui tirar a botija e sair correndo", contou Luciano.

As duas cadelas do casal ficaram na residência em chamas. Uma delas se escondeu dentro do banheiro e morreu por causa da fumaça e do calor intenso. A outra sobreviveu, mas segundo Evaneide, não passa bem.

Evaneide e Samuel pedem ajuda para custear os exames da cadela e para reconstruir a casa deles. Do incêndio, restaram somente as roupas do corpo. As roupas usadas neste sábado (10) foram doadas. 

* Com informações da repórter Fernanda Batista, da TV Vitória/Record TV.

Últimas