Folha Vitória Caso Milena Gottardi: 3º dia de julgamento terá importante depoimento de delegado

Caso Milena Gottardi: 3º dia de julgamento terá importante depoimento de delegado

A expectativa maior para esta terça-feira (25) é com relação ao depoimento do delegado Janderson Lube

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O terceiro dia de julgamento dos acusados de participar do assassinato de Milena Gottardi, deve começar com os depoimentos do delegado Janderson Lube e de Douglas Gottardi, irmão da médica. 

A expectativa para esta terça-feira (25) é com relação ao depoimento do delegado, que promete ser o de maior duração e o que vai apresentar informações detalhadas do inquérito, além de provas concretas. 

Leia também: Entenda cada etapa do julgamento Milena Gottardi

Os dois primeiros dias do júri, com exceção do depoimento do investigador da Polícia Civil Igor de Oliveira Carneiro, foram marcados por depoimentos e provas circunstanciais de testemunhas que falaram sobre a conduta e relacionamento de Milena e Hilário Frasson. 

O investigador foi ouvido na terça-feira (24), por cerca de  duas horas e meia, e deu detalhes sobre as ligações telefônicas realizadas pelos acusados e interceptadas pela perícia da Polícia Civil. 

Além disso, de acordo com Carneiro, investigações realizadas no aparelho celular de Hilário, mostram que ele acessou sites pornográficos após reconhecer o corpo de Milena no Departamento Médico Legal (DML), e se encontrou com garota de programa dias após o crime.

Hilário Frasson, que é ex-marido de Milena, está no banco dos réus junto com o pai, Esperidião Frasson, e Dionathas Alves, Hermenegildo Palauro Filho, Valcir da Silva Dias e Bruno Broetto.

Foto: Arte/Julio Lopes
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

'Milena sentiu que ia morrer', afirmou testemunha

O segundo dia do júri popular dos acusados de participar do assassinato da médica Milena Gottardi foi fechado com o depoimento da prima da vítima, Shintia Gottardi de Almeida, quarta testemunha a ser ouvida nesta terça-feira (24).

O depoimento durou cerca de uma hora e meia e foi um dos mais emocionantes até agora. Em diversos momentos, Shintia não conteve as lágrimas, principalmente ao lembrar dos momentos em que Milena tentou se separar do ex-policial civil Hilário Frasson, um dos réus no processo, e na hora de dar a notícia da morte da médica para a filha mais velha do casal.

A prima de Milena contou que a médica sentiu que Hilário poderia estar planejando a morte dela quando descobriu, no celular da filha mais velha, uma conversa de Hilário com um homem desconhecido. Segundo a testemunha, Hilário tinha o hábito de utilizar o celular da filha, na época com 9 anos.

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Shintia disse ainda que Milena queria se separar do ex-policial civil porque ele era mau. Segundo ela, Hilário teria dito que se ele era perigoso, o pai dele, Esperidião Frasson, era pior. Esperidião também é acusado pelo Ministério Público Estadual (MPES) de ser um dos mandantes do crime.

A testemunha narrou que, em uma ocasião, Hilário entrou em contato com ela, chorando muito e pedindo ajuda para convencer Milena a desistir da separação. O ex-policial civil teria ameaçado se matar caso a médica continuasse com o processo de divórcio.

Shintia então foi se encontrar com Hilário, na companhia de Douglas Gottardi, irmão de Milena. Quando eles chegaram, o ex-policial estava sentado em uma mesa, chorando muito e com uma arma sobre a mesa, dizendo que iria cometer suicídio.

Ela conta que ficou muito preocupada com a situação e resolveu entrar em contato com os pais de Hilário. Pelo telefone, Esperidião, em tom irritado, teria dito a Shintia que quem tinha que resolver esse problema era Milena e que o filho dele não iria tirar a própria vida.

Logo depois, a prima de Milena comentou com Hilário que tinha ligado para os pais dele. Nesse momento, o ex-policial teria dito: "eu não faço nada não, mas o meu pai faz". Em seguida, completou, em tom ameaçador: "você não devia ter falado nada".

Saiba mais: 

>> Milena sentiu que ia morrer ao ver troca de mensagens de Hilário com homem desconhecido

>> Médica que presenciou o crime diz que Milena Gottardi sentiu que "tudo havia se acabado para ela"

>> Mesmo que seja condenado, Hilário terá direito à metade do patrimônio de Milena Gottardi

Últimas