Folha Vitória Cemitério onde Maradona foi enterrado deve se tornar ponto de visitação de fãs

Cemitério onde Maradona foi enterrado deve se tornar ponto de visitação de fãs

Os dias de calmaria da região periférica de Bella Vista estão contados. A administração local prevê a reestruturação do cemitério Jardim da Paz, a fim de receber um público mais amplo

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Record TV
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um espaço calmo e afastado, geralmente destinado ao "descanso eterno", pode estar com seus dias de calmaria contados. O cemitério Jardim da Paz, no bairro Bella Vista, região periférica de Buenos Aires, é o local onde está enterrado o corpo do ídolo Diego Armando Maradona e, devido a esse fato, tem grandes chances de se tornar um forte local de visitação.

O corpo do ex-jogador foi enterrado no local na última quinta-feira (26), um dia após a morte de Maradona, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória, na quarta-feira (25).

Com o corpo de Maradona enterrado em Jardim Bella Vista, é muito provável que a região, como um todo, se converta em um local de grandes homenagens ao ídolo. Situação semelhante acontece no cemitério da Recoleta, local onde está enterrada a primeira-dama e líder política da Argentina, Evita Perón. Mas uma diferença separa os dois: o espaço em que Maradona foi enterrado será particular.

No cemitério, que está situado em uma região periférica de Buenos Aires, também estão enterrados os corpos dos pais de Maradona. Fato que agrega ainda mais o local, que pode se tornar ainda mais visitado do que o Cemitério do Morumbi, em São Paulo, onde está enterrado Ayrton Senna e que, anualmente, recebe uma imensidão de fãs, que prestam homenagem ao piloto, morto em 1º de maio 1994. Vale ressaltar que a data da morte é o dia em que é registrado o maior número de visitantes.

De acordo com a administração local, é possível que o cemitério Jardim da Paz receba uma reestruturação, a fim de comportar uma quantidade maior de visitantes. Um fato importante é que, na Argentina, Maradona passou a ser visto como patrimônio popular, e a população acredita ter quase os mesmos direitos dos familiares do eterno ídolo para ter acesso ao seu túmulo.

* Com informações do Portal R7

Últimas