Folha Vitória Central de teleflagrante da Polícia Civil começa a operar e pode agilizar investigações no ES

Central de teleflagrante da Polícia Civil começa a operar e pode agilizar investigações no ES

O secretário de Segurança Pública, Alexandre Ramalho, acredita que o novo sistema vai possibilitar mais tempo para que delegados se dediquem às investigações

Folha Vitória
Foto: Rodrigo Schereder / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um projeto piloto que está sendo implementado em cidades do Espírito Santo pode possibilitar que os delegados e escrivães tenham mais tempo para  investigar crimes. Pelo novo modelo de trabalho, eles vão trabalhar por videoconferência para atender ocorrências de flagrante. 

A Secretaria de Segurança Pública do Estado inaugurou, nesta terça-feira (14), uma central de teleflagrante. Inicialmente, o projeto irá atender as cidades de Guarapari e Aracruz.

A ideia é que toda vez que um suspeito for preso em flagrante e conduzido para delegacias regionais, as ocorrências registradas pelos investigadores dessas unidades sejam direcionadas para a central, em Vitória, onde um delegado ficará a disposição para ouvir os envolvidos e tomar as decisões necessárias.

As ocorrências de outros crimes continuarão sendo atendidas pelos delegados titulares das unidades regionais. 

Para o secretário de Segurança Pública, Alexandre Ramalho, o novo sistema vai possibilitar mais tempo para que os delegados se dediquem ao trabalho de investigação.

"Com isso, não precisamos de todos os delegados na regional. Para ter uma ideia, para funcionar uma delegacia regional são cinco delegados em regime de escala. Hoje nós otimizamos isso trazendo para Vitória. Vamos fazer uma central de teleflagrantes de todo o Estado em um futuro próximo", destacou.

Apesar da inauguração ter ocorrido nesta terça, o projeto já está em funcionamento há alguns dias. Segundo o coordenador da Central de Teleflagrante, Félix Meira, no primeiro dia de operação foram realizadas nove atuações. A central deve otimizar o trabalho do efetivo. 

"Quando a gente tem um escrivão em Guarapari e um em Aracruz eles atendem todo o município. Agora, com eles aqui na central a gente consegue mobilizar os escrivães para o município que está precisando daquele efetivo. Com a central conseguimos ter mais atividade com o efetivo que temos", explicou.

Além da inauguração da central, o Governo do Estado também entregou 24 novas viaturas para Polícia Civil. O governador Renato Casagrande destacou os investimentos na área de segurança.

"A gente dá um passo adiante, recompondo o efetivo, investindo em tecnologia, investindo em infraestrutura, entregado viaturas e armamento. Nossa polícia tem que estar preparada para enfrentar o crime que também moderniza, avança. Temos que estar sempre um passo a frente das organizações criminosos", destacou. 

*Com informações do repórter Rodrigo Schereder, da TV Vitória/Record TV. 

LEIA TAMBÉM:

>> VÍDEO | Perseguição termina com carro capotado e jovens apreendidos em Vila Velha

>> Homem tenta furtar cordão de ouro e é apreendido por populares na Praia da Costa

>> Suspeito é preso no ES após receber R$ 20 mil para matar homem em Minas Gerais

Últimas