Folha Vitória Chamada de 'baleia', ex-viciada em fast food emagrece 74 kg

Chamada de 'baleia', ex-viciada em fast food emagrece 74 kg

Julie revelou que o peso começou a aumentar como efeito colateral da medicação que estava tomando para tratar seu transtorno bipolar

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Daily Mail
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Viciada em fast food, Julie Gaarte, de 35 anos, costumava consumir até 2.000 calorias por refeição. Foi rotulada de "baleia" por estranhos e mostrou o novo físico após emagrecer 74 quilos com a ajuda de uma banda gástrica.

A banda gástrica ajustável é um dispositivo inflável de silicone em forma de anel que implantado em torno da parte superior do estômago e que se destina ao tratamento da obesidade.

Julie revelou que o peso começou a aumentar como efeito colateral da medicação que estava tomando para tratar seu transtorno bipolar. Mas quando os comprimidos foram trocados, era "tarde demais" porque a compulsão alimentar de Julie já havia saído de controle

Ela virou uma "comedora emocional", devorando McDonald's quase diariamente. Os maus hábitos alimentares de Julie saíram de controle porque ela usou a comida como um mecanismo de enfrentamento para lidar com a depressão.

 "Um dia, olhei no espelho e meu reflexo me surpreendeu. Foi um verdadeiro alerta e eu decidi que já era o suficiente. Eu não queria passar mais uma década dormindo e comendo. Eu sabia que precisava de uma cirurgia para manter o peso após anos de dieta ioiô. Sempre foi mais fácil comer fast food regado a dois litros de cola seguidos de qualquer coisa doce. Eu era um comedor emocional e usava comida para me animar, mas imediatamente me sentia triste novamente depois de consumir até 2.000 calorias de uma vez". 

Depois de dar um 'basta', Julie reformulou sua dieta - preferindo principalmente vegetais e frango - e disse que 'finalmente está vivendo depois de anos se escondendo'

Depois de gastar US$ 17.5 mil na cirurgia para perda de peso, Julie fez uma abdominoplastia e levantamento e aumento dos seios. Julie era pré-diabética e necessitava de fisioterapia três vezes por semana. Ela começou sua jornada se exercitando com a ajuda de um personal trainer antes de ter uma grande parte do estômago removida em 2015. 

"Nunca me senti tão feliz e motivada em toda a minha vida. Fiz pequenas mudanças na minha dieta, como substituir a cola por água e cozinhar, em vez de ir para um passeio de carro. Estou tão confiante agora - sorrio para estranhos e saio de um fim de semana. Fiz pequenas mudanças em minha dieta, como substituir os refrigerantes por água e cozinhar em vez de pedir comida".

Julie também adotou uma rotina de exercícios. A jovem está radiante depois de perder 74 kg. Julie era viciada em fast food, o que a levou a pesar 155 kg. Seu almoço costumava ser Big Mac, batata frita e seis nuggets de frango (todos grandes), no jantar pizza ou espaguete à bolonhesa, e sorvetes, biscoitos e batatas fritas e lanche. Agora ela come meio bagel com cream cheese e ovo cozido no café da manhã, fruta no lanche, legumes e frango assado no almoço e peixe e vegetais no jantar. 

FONTE: Portal R7

Últimas